Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Mário Gomes

Fora da TV, ex-galã da Globo volta a vender sanduíche na praia e vira político

Reprodução/Globo

O ator Mário Gomes durante entrevista ao Vídeo Show, na Globo, em fevereiro deste ano - Reprodução/Globo

O ator Mário Gomes durante entrevista ao Vídeo Show, na Globo, em fevereiro deste ano

FERNANDA LOPES

Publicado em 17/8/2018 - 6h01

Após ser flagrado vendendo sanduíches na praia, em março do ano passado, Mário Gomes até conseguiu retornar à Globo com um papel pequeno em Tempo de Amar (2017), mas não se fixou na TV novamente. O ex-galã de 65 anos continua vendendo sanduíches na praia da Joatinga, no Rio de Janeiro. Seu carrinho, no entanto, vai virar um trenzinho, e o ator irá atrair clientes vestido de maquinista.

Gomes também tem planos políticos. Ele decidiu sair candidato a deputado estadual pelo PRTB. "Tenho projetos, ideias e sou honesto. Só isso. Sempre tive vontade de entrar para a política, tenho ideias que quero levar pra frente. Mas ainda não posso me estender muito, em breve vai começar a campanha", diz ele.

Gomes é engajado em causas sociais há anos. Ele adotou a praça em frente à sua casa, ajuda o Retiro dos Artistas, onde fez uma horta, e tem um projeto chamado Contruindo a Pessoa Futura, junto com a Prefeitura do Rio de Janeiro, que visa estimular a leitura em alunos da rede municipal.

Famoso por interpretar mocinhos em novelas dos anos 1970 e 1980, Mário Gomes ganha a vida vendendo cheeseburgers, conhecidos como Xis do Gomes.

Em breve, ele vai ampliar o negócio. O carrinho dará lugar a uma pequena réplica de trem a vapor e, se tudo der certo, haverá outras unidades espalhadas pelas praias do Rio.

"Fiz um trem a vapor, todo transado, todo estilizado. Vou me vestir de maquinista e vou estrear [o novo maquinário] em um evento de inauguração de uma loja no dia 25. Tô muito animado, com uma chapa de cerâmica nova para selar a carne. Também vou ter um cheeseburger de peixe, truta com pele crocante. E quero replicar esses carrinhos, minha ideia é essa", revela.

divulgação/globo

Mário Gomes caracterizado como Eleutério, seu personagem na novela Tempo de Amar

Chega de vilões
Com a campanha política se aproximando e o trabalho com os sanduíches, Gomes diz que não tem tempo para pensar em voltar à TV agora. Também confessa que está cansado de fazer papéis de vilões, como em Tempo de Amar.

A novela marcou seu retorno à Globo após dez anos. Ele interpretou Eleutério, um homem de família rica que se metia em muitas falcatruas e clandestinidades. 

"Normalmente é sempre meio constrangedor [ser vilão], são papéis muito maléficos, de ladrão, é chato. Marieta Severo até teve um bom momento [em O Outro Lado do Paraíso], quando ela entortou a boca, mas sei lá. O papel do vilão é acentuado demais pra causar repulsa nas pessoas. Não tem muita qualidade, do ponto de vista artístico, não tem muito o que fazer. Não dá para criar nada. É frustrante", reclama.

Com 38 anos de carreira na TV e passagens por Globo, Excelsior, Manchete, Multishow e Record, Gomes diz que hoje só ficaria balançado e abriria espaço em sua agenda se fosse convidado para um papel cômico em novela.

"Consigo levar o humor com qualidade. Tenho essa sensibilidade, essa veia, que são poucos que tiveram, como Peter Sellers (1925-1980), Oscarito (1906-1970), Grande Otelo (1915-1993), Marcelo Adnet. Tem humoristas bons, mas mais voltados para programa de humor. Acho que em novela daria pra ter feito um núcleo de humor. Acho que eu tenho embasamento, estofo pra puxar pra comédia, eu aguento", afirma.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você espera ver na TV em 2021?