No Amor & Sexo

Fernanda Lima revela que foi conselheira de Pabllo Vittar: 'Era super chucra'

Raquel Cunha/TV Globo

Fernanda Lima durante o evento de apresentação da nova temporada do Amor & Sexo, na terça (2) - Raquel Cunha/TV Globo

Fernanda Lima durante o evento de apresentação da nova temporada do Amor & Sexo, na terça (2)

FERNANDA LOPES, no Rio de Janeiro - Publicado em 05/10/2018, às 06h10

Antes de virar cantora e celebridade com repercussão internacional, Pabllo Vittar foi chamada para uma conversa em que recebeu sérios conselhos de Fernanda Lima. Isso aconteceu em 2015, quando a apresentadora conheceu a drag queen que trabalharia na banda do Amor & Sexo. Hoje, Fernanda afirma que tem orgulho da trajetória de Pabllo, que evoluiu muito em relação à artista ainda "chucra" que era em seu início de carreira.

"Acho o máximo a Pabllo ter chegado onde chegou. Quando a gente se conheceu, ela era uma menina super tímida, super chucra. Lembro bem de quando conversamos pela primeira vez. A gente [equipe do Amor & Sexo] tinha visto um vídeo dela ainda de uniforme da escola, cantando, e mandou buscá-la na casa dela. Ela chegou no escritório, super bonitinha, a fizemos cantar e estávamos certos de que era isso [que precisávamos]", relata.

"Eu e Pabllo conversamos do lado de fora, eu falei: 'Sua vida vai mudar, tu é muito talentosa, vai aparecer na tv, vai ter uma repercussão muito grande, a gente vai cuidar de ti o máximo possível. A ideia não era dizer 'olha, temos uma cantora drag queen', a gente nunca explorou isso. A gente teve uma conversa bem sincera, eu achei que ela precisava. Também falei: 'Paga tuas contas, não te endivida, não briga com ninguém, não vai namorar, pegar homem. Foca tua história, porque tem um caminho bom aí'", lembra.

Os conselhos funcionaram. Fernanda afirma que Pabllo foi muito responsável, profissional e querida pela equipe durante as duas temporadas em que trabalhou como vocalista da banda do Amor & Sexo (2016-2017). Fez tanto sucesso que saiu do programa para tocar sua carreira. Agora, quem fica no cargo é Mylena Jardim, vencedora do The Voice Brasil em 2016.

reprodução/Globo

Pabllo Vittar ao lado de Régis Paulino e Fernanda Lima na temporada de 2017 do Amor & Sexo

Missão do Amor & Sexo
Apesar dessa mudança, Fernanda Lima diz que a atração segue nos mesmos moldes da temporada passada, com um tema que rege cada episódio, debates entre artistas convidados e membros da bancada e brincadeiras no palco. 

Como parte da equipe de roteiristas da atração, Fernanda afirma que tem estudado cada vez mais para fazer um programa didático e com informação sobre as mudanças da sociedade.

"Se pudesse eu não faria roteiro, porque não sou roteirista e é o que dá mais dor de cabeça. Mas tô ali porque sou eu que falo, então o discurso tem que ser compatível com o que eu penso, a maneira como eu ajo. Tem que estudar muito, ler muito, acompanhar os assuntos novos no mundo", comenta.

"[No início do programa, em 2009] A gente não falava de relação aberta, de transição de gênero, de tantas coisas. O tempo não para, a gente precisa estar atento e se informar bastante pra conseguir colocar na televisão assuntos muitas vezes densos, de aceitação, segurança, empoderamento. E isso numa linguagem que as pessoas entendam, assimilem, se divirtam", explica.

Em sua 11ª temporada à frente do Amor & Sexo, Fernanda acredita que o programa tem acompanhado muitas evoluções nas práticas amorosas e sexuais das pessoas. Se sente satisfeita ao ajudar famílias que encontram clareza nos temas abordados.

"Acho que [o programa] tem impacto muito grande, porque muita gente não consegue ter nenhum tipo de diálogo em relação a sexualidade dentro de casa. Quando a gente fala de minorias, de pessoas saindo do armário, estamos falando de um universo solitário, sofrido mesmo, porque muitas famílias não sabem lidar. Quando a pessoa liga a TV e consegue ter um entendimento de que aquilo é legal, que ela só é diferente, não por isso tem que ser rejeitada ou violentada, acho que a gente já cumpre nosso papel."

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O Vídeo Show tem salvação?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook