Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

CRISE NA PANDEMIA

Ex-Rouge, Karin Hils recorre a auxílio emergencial: 'Não está fácil para ninguém'

LUCAS RAMOS/AGNEWS

Karin Hils na estreia de Donna Summer Musical, em São Paulo, em março de 2020

Karin Hils na estreia de Donna Summer Musical, em São Paulo, em março de 2020; crise na pandemia

REDAÇÃO

Publicado em 28/7/2020 - 19h19

Karin Hils, ex-integrante do Rouge, revelou que solicitou o auxílio emergencial por causa da crise causada pela pandemia do coronavírus (Covid-19). A cantora desabafou sobre a situação nesta terça-feira (28) em seu Twitter. "Isso é para vocês terem uma ideia que não está fácil para ninguém", disse a artista de 41 anos.

A atriz, que estava no elenco do espetáculo Donna Summer Musical antes do início da quarentena, abriu o jogo com seus seguidores na rede social sobre a instalibilidade financeira que enfrenta.

"Para muita gente, pode parecer que o jogo está ganho, mas não está. É lamentável o que estamos todos juntos passando nesse país, e eu me incluo como artista, mulher e preta", escreveu ela.

"Hoje fui tentar pegar minha parcela do auxílio emergencial. Estava uma fila do cão e ainda tinha muita gente sem máscara. Vi minha vida virar do avesso. Fui inventar de ser artista", continuou, usando as frases "me fodi na pandemia" e "tenho fé que vai passar" em formato de hashtag na plataforma.

O último trabalho de Karin na televisão foi em Carinha de Anjo (2016), do SBT. Antes disso, ela atuou nas séries Sexo e as Negas (2014) e Pé Na Cova (2013-2016), criações de Miguel Falabella na Globo.

Em 2018, Karin voltou aos palcos com o Rouge para celebrar os 15 anos do grupo. Na ocasião, ela, Aline Wirley, Fantine Thó, Li Martins e Lu Andrade chegaram a lançar novos trabalhos musicais, mas anunciaram uma pausa em janeiro de 2019.

Veja publicações de Karin Hils no Twitter: 

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?