RAFAEL DIB

Ex-estagiário de Palmirinha dubla novelas turcas e encena incesto na TV

Divulgação

O ator Rafael Dib, que ganha destaque a partir desta semana na série Rua Augusta, da TNT - Divulgação

O ator Rafael Dib, que ganha destaque a partir desta semana na série Rua Augusta, da TNT

LUCIANO GUARALDO - Publicado em 19/04/2018, às 05h22

Após passar cinco episódios em coma, o personagem de Rafael Dib ganhará espaço a partir desta quinta (19) na série Rua Augusta. Na primeira produção nacional da TNT, ele interpreta Lucas, irmão de Mika (Fiorella Mattheis) que tem uma relação incestuosa com a stripper. É uma mudança de rumo para o ator de 32 anos, que já foi estagiário de Palmirinha Onofre na TV Gazeta e também empresta sua voz para as novelas turcas da Band.

O papel em Rua Augusta é o trabalho de maior destaque de Dib na TV até o momento, e ele se empolga por aparecer com um tema considerado tabu. "Quanto mais rico e mais possibilidades o personagem oferecer, melhor", filosofa o ator, que fez teste para o projeto em 2015 e precisou esperar três anos até vê-lo no ar.

Para encenar a relação tumultuada de Lucas e Mika, os intérpretes receberam uma atenção especial do diretor Pedro Morelli. "A gente nunca tinha trabalhado junto, e eu só fui conhecer a Fiorella na primeira leitura do roteiro. Então, teve uma preocupação da equipe para que a gente ensaiasse junto, estudasse o texto. A gente também conversou muito, porque os personagens têm uma relação muito forte", conta.

No primeiro episódio de Rua Augusta, Lucas atacou Mika em uma casa noturna da via de São Paulo que dá nome à série. O público, no entanto, não ficou sabendo que os laços entre os personagens eram de sangue. Agora, com o agressor fora do coma, flashbacks esclarecerão a relação doentia entre eles. "A Mika vai contar a história de como tudo começou, de como eles ficaram tão próximos", adianta Rafael.

O ator, no entanto, desconversa quando questionado se a relação incestuosa renderá cenas quentes entre ele e Fiorella, que interpreta entrevistou prostitutas para interpretar uma stripper. "Aí vocês vão ter que assistir, né?", diz ele, aos risos.

ariela bueno/tnt

Rafael Dib (Lucas) e Fiorella Mattheis (Mika) em cena de Rua Augusta: amor doentio e proibido

Palmirinha, Caldeirão e novelas turcas
Rua Augusta marca o ponto mais alto da carreira de 15 anos de Dib, que começou a estudar atuação aos 17, depois de fazer trabalhos como modelo. Nesses anos todos, para se manter, trabalhou como garçom, barman e em campanhas publicitárias. Em 2009, entrou na faculdade de Rádio e TV e conseguiu um estágio na Gazeta. Lá, trabalhou com Claudete Troiano, Ione Borges e Palmirinha Onofre.

Da passagem pelos bastidores da emissora, Rafael guarda boas lembranças. Especialmente da culinarista que se tornaria um fenômeno com o público jovem anos depois. "A Palmirinha sempre foi muito fofa comigo. Ela inclusive separava um pouco da comida que preparava para eu comer", recorda.

Depois da Gazeta, o ator se dedicou ao teatro e acabou cravando uma vaga no Concurso de Talentos Malhação, quadro de 2012 do Caldeirão do Huck que queria revelar novos atores para a novelinha adolescente. Dos cem selecionados, ele ficou entre os 12 finalistas e, mesmo sem ganhar o prêmio, foi chamado para uma participação em Além do Horizonte (2013).

No ano seguinte, teve um papel de destaque na série Na Mira do Crime, exibida pela Fox e pela Record. E descobriu que não precisa estar na Globo para trabalhar como ator. "Acho uma evolução ter mais opções de mercado. Para os atores, abre um leque de novas possibilidades. E todo mundo precisa trabalhar, não é?"

Justamente para se manter no mercado, o ator não para de fazer novos cursos. Em 2016, começou a estudar dublagem e conseguiu pontas nas novelas turcas da Band.

"Mas eu ainda sou um aprendiz na área, vou para o estúdio mais para acompanhar os mestres da atuação, para ter aulas com eles. É um desafio encaixar a sua fala na boca de outro ator, colocar verdade em um rosto que não é seu", valoriza.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você gostou de Órfãos da Terra?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook