Fiorella Mattheis

Atriz entrevista 30 prostitutas e treina pole dance para viver stripper em série

Divulgação/TNT

A atriz Fiorella Mattheis em cena como a stripper Mika de Rua Augusta, série do canal TNT - Divulgação/TNT

A atriz Fiorella Mattheis em cena como a stripper Mika de Rua Augusta, série do canal TNT

FERNANDA LOPES - Publicado em 13/03/2018, às 05h45

Após 12 anos na televisão, Fiorella Mattheis faz sua primeira protagonista, a personagem com a maior carga dramática. A partir de quinta-feira (15), ela estará no ar como a stripper Mika, da série Rua Augusta, do canal TNT. Para interpretar o papel, a atriz de 30 anos passou três meses em São Paulo, onde treinou técnicas de pole dance e descobriu detalhes do submundo das garotas de programa.

"Fiz laboratório na rua Augusta, conheci mais de 30 garotas de programa e pude conversar e vivenciar o universo delas. Pelas histórias que ouvi durante o laboratório, há mulheres que fazem porque querem, gostam ou por falta de oportunidade, de apoio familiar, psicológico etc... [Também] Fiz aulas de pole dance para aprender o strip", conta.

Na história, Mika é uma jovem de 25 anos que cresceu em uma família rica, mas não gostava da convivência com a mãe omissa e com o pai mau-caráter. Ela fugiu de casa e agora precisa se virar para se sustentar com o dinheiro que ganha na noite.

Fiorella teve que se transformar pela personagem: passou a dormir de dia, já que gravava a maioria das cenas das 20h às 8h, e pintou parte do cabelo de rosa. Mesmo assim, ela diz que sentiu uma identificação com a personagem pela determinação e pela força, o que lhe estimulou a encarná-la na TV.  

"A Mika traz uma carga emocional muito forte por si só. Ela é segura e determinada com o que acredita e quer. Quando li, me emocionei. É minha primeira protagonista e bastante desafiadora. Estava com saudades da entrega que é um personagem dramático. É um processo longo, dolorido, que te deixa com dúvidas e insegura. Mas tem uma hora que você simplesmente encontra e aí começa a se divertir com isso e a criar", explica.

divulgação/tnt

Fiorella fez aulas de pole dance para interpretar personagem stripper na série do canal TNT

'Preconceito não dá mais'
Há muito tempo Fiorella não tinha a oportunidade de "sofrer" na televisão. Após estrear como atriz na pele da vilã Vivian, da temporada de 2007 de Malhação, ela só fez papéis em séries. Está desde 2013 no elenco fixo da comédia Vai que Cola e já se prepara para gravar a sexta temporada da sitcom do Multishow.

Para ela, a transição para a stripper de Rua Augusta é ainda mais significativa porque a trama passa por problemas sociais bem presentes nas grandes cidades do país.

Depois de conhecer a realidade das garotas de programa, a atriz acredita que a série mostrará a dura realidade em que essas mulheres vivem e alertará para a questão do preconceito que elas ainda sofrem.

"Nossa série é muito real. Não glamurizamos a prostituição. Mostramos o lado sujo e feio! A rua Augusta como ela é! A direção optou por um caminho muito inteligente, humanizamos esses personagens. Ser preconceituoso hoje em dia não dá mais! Estamos aprendendo que respeitar o próximo e dividir o mesmo espaço é possível e tem que ser assim", afirma.

Rua Augusta estreia nesta quinta-feira (15), às 22h30 na TNT. Os demais episódios serão exibidos às 23h. Os dois primeiros já estão disponíveis no Now, serviço de vídeo sob demanda da Net e Claro TV.

Leia também

 

+ Lidas

Enquete

O novo Vídeo Show tem chance de sucesso?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook