FERNANDA RIBEIRO

Dubladora negra sofre racismo e precisa provar que deu voz a princesas da Disney

REPRODUÇÃO/TIK TOK

Tela dividida com a dubladora Fernanda Ribeiro sorridente e com a expressão fechada em vídeo do Tik Tok

A dubladora Fernanda Ribeiro em vídeo publicado no Tik Tok: ela teve o trabalho desacreditado na web

VINÍCIUS ANDRADE - Publicado em 12/07/2020, às 07h20

Dubladora desde os sete anos, Fernanda Ribeiro compartilhou um vídeo no último dia 25 para mostrar alguns dos personagens da Disney que têm a voz dela na versão brasileira. O conteúdo viralizou na web e já conta mais de 1,1 milhão de visualizações apenas no Tik Tok. Mas a atriz de 18 anos começou a sofrer ataques racistas de pessoas que colocaram em dúvida o seu trabalho. Triste com a situação, ela quis provar que foi contratada para fazer as princesas.

Fernanda fez um novo vídeo e mostrou o comprovante de que ela dublou a Rapunzel criança no filme Enrolados (2010). Apesar de saber que não precisava fazer essa "prova" para os críticos, a artista decidiu publicar o post, pois estava "mal".

"Eu fiquei mal, sei o que eu fiz e tenho noção do que eu fiz. Eu não preciso provar nada pra ninguém, o que eu fiz está ali. É minha voz, está nos créditos. Eu cheguei a chorar aqui em casa falando com a minha mãe, porque até hoje ainda tem gente que não acredita, eu ainda recebo comentários de pessoas que não acreditam que sou eu", confessa a atriz em entrevista ao Notícias da TV.

"Tenho todos os meus comprovantes de trabalho, mesmo assim o povo não acredita. Mas eu também recebi apoio, pessoas me incentivando, elogiando e falando que o meu trabalho é muito bom. Eu estou melhor depois disso, mas antes eu fiquei muito mal", admite Fernanda.

Apesar de ser jovem, ela já deu voz para vários personagens de filmes, séries e desenhos animados. Além da Rapunzel criança, a atriz dublou figuras como a princesa Merida na fase infantil em Valente (2012), fez a Ellie de Up - Altas Aventuras (2009) e a princesa Charlotte de A Princesa e o Sapo (2009).

No vídeo com as dublagens no Instagram, alguns dos comentários (feitos por pessoas brancas) foram os seguintes: "Acho que ela não dublou nenhum deles, mas ok", "assisto esses filmes diariamente e tenho certeza de que não foi ela", "ela sonhou que dublou a princesa Charlotte", "ela não dublou nenhuma delas" e "não era ela dublando".

Por outro lado, outros usuários da rede social defenderam Fernanda. "Se ela fosse branca, geral não ia duvidar", "todo mundo duvidando porque culturamente subestimam o preto", "os racistas piram tentando se convencer de que não é uma mulher negra, chorem mais".

Os apoiadores também alertaram que a atriz sofreu uma mudança na voz, o que é normal, considerando que ela era uma criança quando fez as princesas da Disney. "A minha voz era muito fininha, agora ela engrossou bastante. Isso causou um impacto nas pessoas que assistiram ao vídeo. Eu sabia que estava diferente, não tem como eu chegar em uma voz que eu fiz quando eu tinha sete anos. Mesmo eu fazendo fonoaudiologia e canto, a minha voz mudou bastante", justifica.

"Eu acho que pode ter sido um racismo, mesmo algumas pessoas tentando minimizar. De vez em quando, a gente é racista e não percebe", opina a atriz.

Assista aos vídeos publicados por Fernanda, um com as dublagens da Disney e o outro mostrando o comprovante de que foi ela quem fez as personagens:

Vozes negras nas animações

Fernanda apoia o movimento que começou nos Estados Unidos em meio à onda de protestos raciais. Desenhos como Os Simpsons, Uma Família da Pesada e Big Mouth anunciaram que dubladores brancos que faziam vozes de personagens não-brancos serão afastados e substituídos por atores mais apropriados.

"Eu acho isso muito importante, há pouco tempo os negros não tinham vez. Não que agora tenhamos espaço como existe para os brancos, mas estamos tendo mais voz. Até por conta dessas manifestações, acho que estamos tendo mais vez. Tem muita gente negra com talento no mundo, essa atitude é importante", opina a jovem.

Em séries de animação, Fernanda já fez personagens como a Anais de O Incrível Mundo de Gumball (2011-2019) e o Yuri de Meu Amigãozão. Na TV, ela atuou como a Milena em Rebelde (2011), na Record. Atualmente, ela segue com o trabalho de dubladora e tem mais de 50 mil seguidores no Tik Tok, além de 15,1 mil fãs no perfil @fernandaribeirodub no Instagram.

Um dos desejos da artista é que o seu irmão mais novo, o também ator Ygor Marçal, que interpreta o personagem Mosquito em Salve-se Quem Puder, não tenha que conviver com esse tipo de situação na carreira.

Aos maldosos, ela deixa um conselho gentil: "Antes de chegar e julgar alguém negro por não ter feito aquilo, vamos parar e pesquisar. Vamos ver se realmente foi ela, isso é muito importante". Veja um post de Fernanda sobre o trabalho de dublagem:

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Feliz dia do dublador! Sou muito grata por ter escolhido uma carreira tão sensacional como essa que me trás muita alegria. Muito obrigada pelo carinho de cada um que me acompanha e gosta do meu trabalho. Parabéns a todos os dubladores incríveis que eu conheço e amo, parabéns pelo trabalho incrível e perfeito que fazem. Vocês merecem muito!! . . . @marciosimoesdublador @joca_granja @yagomachadoator @eumesmodrummond @eupampam @sergiosternoficial @sheiladorfman @naosoudetroia @luisapalomanes @miriamficher @flaviasaddy @andreamurucci @garciajr_soldado_raso @herculesfrancodub @brunalaynes @manoloreyoficial @mariojorgedeandrade @marlenecosta06 @renanfreitasdub @marcodub @renanribeirodub @analuciamenezesoficial @biamenezesoficial @aebittencourt @biancaalencaroficial entre outros profissionais incríveis.

Uma publicação compartilhada por Fernanda Ribeiro (@fernandaribeirodub) em


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações sobre o mundo das celebridades e novelas!

Tudo sobre

Disney Racismo

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?
Sinta-se em Casa, com Marcelo Adnet sempre criativo e afiado
10.15%
Diário de um Confinado, com retrato fiel do isolamento social
17.34%
Cada um no seu Quadrado, com suas dinâmicas divertidas
2.39%
Prefiro as reprises das novelas mesmo
70.12%

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook