Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

CASOS DE POLÍCIA

Drogas, receptação e infrações: MC Kevin respondia por quatro crimes

Reprodução/Instagram

MC Kevin fazendo sinal de "positivo" com as mãos, camisa branca, óculos escuros na cabeça, segurando copo com cerveja

MC Kevin tinha 23 anos e quatro fichas na polícia; cantor morreu após cair da sacada de hotel

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 21/5/2021 - 8h49

Kevin Nascimento Bueno, o MC Kevin (1998-2021), foi indiciado em quatro crimes pela Polícia Civil de São Paulo. O cantor, morto no último domingo (16), após cair da sacada de um hotel na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, respondia por receptação de um celular furtado, embriaguez ao volante, posse de drogas para uso pessoal e infração de medida sanitária preventiva.

As ocorrências, registradas ao longo dos últimos quatro anos, ainda estão tramitando em inquéritos policiais ou em processos criminais. Antes da morte do cantor, não houve condenação para nenhum dos casos. Por isso, agora, as ações serão arquivadas, e as punições serão extintas.

De acordo com o jornal Extra, o boletim mais recente é de 13 de maio de 2020, no 3º DP (Mogi das Cruzes). Um representante do condomínio onde Kevin morava disse que ficou sabendo pelas redes sociais e pela imprensa que o funkeiro estava com a Covid-19 e teve contato físico na academia coletiva e com a sua digital na cancela de entrada e saída do local.

Já em 10 de março de 2019, o funkeiro foi levado por policiais militares ao 73º DP (Jaçanã), após ser flagrado fumando um cigarro de maconha quando estava parado, no carro, com um amigo. Durante a abordagem, segundo narraram os PMs, ele, "de forma bastante exaltada, tentou se desvencilhar" e "regressou para o interior veículo". Kevin também mostrou que estava ingerindo bebida alcoólica e foi advertido.

Na delegacia, os policiais narraram que ele "afirmava ser artista e que não iria a lugar algum, bem como que ninguém iria entrar em seu veículo", precisando ser algemado e colocado na viatura.

Em 28 de junho de 2016, policiais militares abordaram Kevin e outros dois homens e encontraram um celular que constava como furtado em 4 de agosto do ano anterior. Ao ser questionado, o cantor respondeu que o aparelho "poderia ser de procedência duvidosa" e recebeu voz de prisão, sendo levado a 90º DP (Parque Novo Mundo). O delegado ratificou a prisão e impôs pagamento de fiança no valor de R$ 1 mil.

Em 13 de julho de 2016, Kevin se envolveu num acidente de carro. Ele dirigia um Hyundai Tucson, sem carteira de habilitação, avançou o sinal vermelho, colidiu com outro carro e atingiu o muro de proteção de uma via-férrea. Ao fazer o teste de alcoolemia, foi constata a presença de 0,49 Mg/L no sangue - superior aos 0,33 Mg/L permitidos em lei.

Prêmio NTV Melhores do ano


Leia também

Enquete

Qual foi o melhor telejornal ou programa jornalístico do ano?

Web Stories

+
Gui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?Vladimir Brichta contracena com a filha em Quanto Mais Vida, Melhor; veja outros casosConfinado em A Fazenda 13, Dynho não sabe que Mirella pediu divórcio; como fica o caso?Quanto Mais Vida, Melhor enfrentou perrengues mesmo antes de estrear; conheça a trama

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas