Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

EX-A FAZENDA

'Difícil de sentar', diz Carol Narizinho após lipo e preenchimento no bumbum

DIVULGAÇÃO

Carol Narizinho posa em clínica de estética  em 24 de fevereiro de 2020

Carol Narizinho em clínica de estética nesta quarta-feira (24); ex-A Fazenda fez lipo e preenchimento no bumbum

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 24/2/2021 - 23h56

Carol Narizinho começa a ver o resultado de uma lipoaspiração e preenchimento no bumbum feitos há 23 dias no Hospital São Luiz, em São Paulo. O pós-operatório seguiu de forma tranquila, mas os desconfortos iniciais marcaram a recuperação. "É difícil de sentar, de deitar e de movimentar", desabafou a ex-A Fazenda 12 nesta quarta-feira (24).

De acordo com a assessoria de imprensa da ex-panicat, ela fez a Lipo Lad, lipoaspiração de alta definição. Nas últimas semanas, seguiu tratamento com sessões de drenagem e uso de cinta modeladora. Somente agora, quase um mês após a intervenção, ela começou a desinchar.

Em seu Instagram, a modelo exibiu o corpo de toalha e lingerie para seus seguidores. "23 dias da cirurgia. Resultado aparecendo", escreveu ao mostrar a cintura.

Nesta quarta-feira, Carol gravou uma entrevista para o Câmera Record e mostrou o processo de seu pós-operatório. O programa acompanhou os bastidores de uma sessão de drenagem linfática, técnica de massagem para estimular o sistema linfático para eliminar o excesso de fluidos do corpo.

Carol Narizinho: 23 dias após lipoaspiração e preenchimento no bumbum  (Foto: Divulgação)

"Para mim, era um sonho fazer [a cirurgia]. Era uma coisinha pouca [de gordura]. Na foto, às vezes, não se percebe porque tem o ângulo, tem um tratamento, mas que me incomodava. Por mais que eu treine e que eu faça dieta, aquela [gordura] localizadinha [não saía]", desabafou.

Em sua cirurgia, a artista removeu 3,2 litros de gordura, sendo que enxertou 600 ml no bumbum, ou seja, 300 ml em cada nádega. Por causa da lipo e do preenchimento, a recuperação gerou mal-estar por alguns dias.

"Difícil de sentar, de deitar, de movimentar. Para subir na maca [da clínica], as meninas ajudavam. Em casa também. Para deitar, para levantar e para ir ao banheiro... toda hora eu precisava de ajuda. Para tudo. Até para pegar o celular", relembrou.

Veja publicação de Carol Narizinho:


Leia também

Web Stories

+
De cuidadora de cachorros a musa sertaneja: Como está Juliette fora do BBB21Salve-se Quem Puder: Última semana da reprise tem chantagem, reencontro perigoso e revelaçãoPower Couple Brasil 5 aposta em casais polêmicos e promete barraco e confusãoPereirão, Lurdes e Edilásia Sardinha: veja 7 mães marcantes das novelas brasileirasCaso Evandro e A Mulher na Janela chegam aos streamings; saiba mais

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você está animado para a nova temporada do No Limite?