Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Processado por injúria

Dado Dolabella ignora decisão judicial e tem novo mandado de prisão

Reprodução/Instagram

O ator Dado Dolabella pode ser preso a qualquer momento por processo de injúria contra a ex-mulher - Reprodução/Instagram

O ator Dado Dolabella pode ser preso a qualquer momento por processo de injúria contra a ex-mulher

REDAÇÃO

Publicado em 10/12/2018 - 15h17

Após passar dois meses preso por não pagar pensão, no início deste ano, Dado Dolabella pode ser encarcerado novamente, desta vez por injúria. Ele descumpriu uma decisão judicial que determinava o comparecimento a sessões de terapia de grupo, a apresentação em juízo mensalmente e a permanência em uma residência fixa, por ter sido condenado por ofender a ex-mulher, Viviane Sarahyba.

O novo mandado de prisão contra Dolabella foi expedido em 16 de novembro pela juíza Ana Paula de Freitas, do 3º Juizado de Violência Doméstica do Rio de Janeiro. Ela determinou que o ator cumpra pena de dois meses e 15 dias em regime aberto, em casa de albergado.

Segundo o colunista Léo Dias, do Fofocalizando, o mandado de prisão já foi encaminhado para a Secretaria de Segurança de São Paulo e para a Polícia Federal.

O mandado é consequência do processo que Viviane Sarahyba move contra ele por injúria. Em 2010, os dois se separaram, em meio a denúncias de agressão dela contra o ator.

No dia 26 de dezembro daquele ano, Sarahyba alegou que, após não deixar Dado entrar em sua casa, ele a chamou de "vadia, piranha, prostituta e ladra". O ator ainda escreveu palavrões e insultos no carro dela.

O primeiro mandado de prisão de Dolabella foi expedido em junho de 2014. Na época, ele ainda era réu primário, e a pena foi substituída por serviços comunitários, como se apresentar à Justiça mensalmente e participar de terapia de grupo para homens envolvidos em casos de violência doméstica. 

Em fevereiro de 2018, Dolabella foi preso, mas por outra razão: falta de pagamento de pensão ao filho que teve com Sarahyba. Ele foi capturado em seu apartamento em São Paulo com uma dívida de R$ 196 mil nas responsabilidades paternas. 

Na ocasião, o ator declarou que o valor havia sido calculado em cima de um salário que ele não ganhava mais e que deveria ser revisto. Dolabella foi solto dois meses depois, em abril.

O primeiro mandado de prisão (por injúria) chegou a ser suspenso durante esse período. Mas, ao sair da penitenciária, o processo antigo voltou a valer, e Dolabella não apenas deixou de ser réu primário como também não cumpriu todas as exigências da Justiça.

Com o decreto em vigor e podendo ser preso a qualquer momento, Dolabella não declarou nada sobre o assunto. Em suas redes sociais, ele continua apenas fazendo ativismo pelo veganismo.

TUDO SOBRE

Dado Dolabella

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?