Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

LUTO

Cristiano Ronaldo anuncia morte de um dos gêmeos no parto: 'Nosso anjo'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Georgina Rodríguez à esquerda e Cristiano Ronaldo à direita

Georgina e Ronaldo anunciaram a gestação em outubro de 2021; apenas um dos gêmeos sobreviveu

JOSÉ VIEIRA

jose@noticiasdatv.com

Publicado em 18/4/2022 - 18h44

Nesta segunda-feira (18), Cristiano Ronaldo usou as redes sociais para anunciar a morte de um dos gêmeos que estava esperando com sua mulher, a modelo Georgina Rodríguez. Somente um bebê sobreviveu ao parto. "Nosso menino, és o nosso anjo. Vamos amar-te para sempre", publicou Ronaldo.

"É com a mais profunda tristeza que comunicamos o falecimento do nosso bebê. É a maior dor que quaisquer pais podem sentir. Só o nascimento da nossa bebê nos dá forças para viver este momento com alguma esperança e felicidade", iniciou ele.

O jogador do Manchester United finaliza pedindo por compreensão no momento sensível que sua família passa. "Gostaríamos de agradecer aos médicos e enfermeiros por todo o cuidado e apoio disponibilizado. Estamos devastados e pedimos privacidade neste momento tão difícil". O comunicado foi divulgado para os mais de 420 milhões de usuários que o acompanham no Instagram, rede social na qual o português é dono do perfil mais seguido.

A gestação de gêmeos foi divulgada em outubro de 2021 por Georgina. Segundo a irmã do atleta, Katia Aveiro, a recém-nascida passa bem e trará ainda mais amor para a família de Ronaldo. "A nossa menina está firme, forte e cheia de saúde e vai nos ensinar cada vez mais que só o amor importa", escreveu em suas redes sociais.

O relacionamento do casal, junto desde dezembro de 2016, gerou Alana Martins, de três anos. Além dela, o português também é pai de Cristiano Jr., de 11 anos, e dos gêmeos Eva e Mateo, de quatro anos.


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.