Saiba como é

Crises e medo intenso: Sete famosos que sofrem com síndrome do pânico

Agnews e Reprodução/TV Globo

As atrizes Cleo (ex-Pires) e Giovanna Antonelli já tiveram de lidar com crises de muito medo e pânico - Agnews e Reprodução/TV Globo

As atrizes Cleo (ex-Pires) e Giovanna Antonelli já tiveram de lidar com crises de muito medo e pânico

REDAÇÃO - Publicado em 03/08/2019, às 05h38

A atriz Mariana Santos, no ar como a Carla de Malhação, falou nesta semana sobre a síndrome do pânico, transtorno com que lida desde muito nova. E ela não foi a única famosa a abrir o jogo com seus fãs sobre os problemas relacionados à saúde mental. As crises que várias outras celebridades também têm envolvem estresse e muito medo.

A síndrome do pânico é um tipo de transtorno de ansiedade caracterizado por crises de muito temor de que algo ruim aconteça, mesmo que não haja nenhum motivo aparente. Há ainda uma sensação de preocupação que permanece mesmo após as crises. Algumas pessoas apresentam sintomas como falta de ar e taquicardia, e outras não conseguem ter um dia a dia normal ou mesmo sair de casa.

Além de Mariana Santos, várias atrizes da Globo já revelaram sofrer de síndrome do pânico. Cleo, ex-Pires, não conseguiu embarcar num avião durante uma crise, e Giovanna Antonelli teve medo agudo durante muito tempo, desde seus 12 anos.

Confira casos de famosos que já tiveram crises de pânico e falaram sobre o tema:

reprodução/instagram

Cleo teve crise de pânico pouco antes de entrar num avião e não conseguiu fazer a viagem


Cleo 

A atriz tornou pública sua crise de pânico em 2016, quando ficou tão abalada que não conseguiu fazer uma viagem de avião. Cleo estava em Miami e precisava voltar ao Rio de Janeiro para gravar algumas cenas na novela Haja Coração (2016). Ela se sentiu muito mal, com ansiedade e nervosismo, foi medicada e aconselhada por um médico a não embarcar. Os exames não acusaram nada além de muito estresse.

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Giovanna Antonelli confessou que sentiu muito medo durante sua infância e sua juventude


Giovanna Antonelli

Em 2017, Giovanna contou durante um evento da revista Marie Claire que sofreu de síndrome do pânico em 1997. "Tive muito medo, fui assaltada 12 vezes. Teve época em que via o ônibus e me tremia toda. Sofri com síndrome do pânico 20 anos atrás e, provavelmente, desenvolvi déficit de atenção, mas meus pais não perceberam isso na época. Lembro de ter me sentido muito acuada, indefesa", relatou.

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Até a top model Gisele Bündchen já enfrentou momentos terríveis de crises de pânico


Gisele Bündchen

Em entrevista à revista People no ano passado, a top model brasileira, uma das mais bem-sucedidas do mundo, revelou que sofreu com crises de pânico em um momento de auge na carreira, ainda no início dos anos 2000. 

"Eu estava numa ótima posição na minha carreira e sempre me achei muito positiva, então pensava: 'Por que estou me sentindo assim?'. Me senti desamparada. Seu mundo parece menor e você não consegue respirar. Eu realmente tive o desejo de só pular de um prédio e nunca mais ter que me preocupar com esses sentimentos."

Ela também falou sobre o assunto no Instagram e incentivou seguidores que passam pelo mesmo problema a procurarem ajuda profissional. "Às vezes nos sentimos sozinhos, como se não houvesse saída, mas isso não é verdade. Meus ataques de pânico foram difíceis e procurei ajuda de familiares, especialistas, professores e amigos. Pedir ajuda nunca é um sinal de fracasso, mas um sinal de força, porque vale a pena salvar sua vida", afirmou.

divulgação/tv globo

A falta de personagens na TV desencadeou na atriz Bianca Bin crises de medo e pânico


Bianca Bin

Entre 2011 e 2012, Bianca Bin ficou nove meses sem trabalho na televisão. Ela acredita que foi a partir dessa situação que desenvolveu a síndrome do pânico.

"Primeiro vieram as crises de ansiedade. É uma inquietação, uma coisa física mesmo. Sentia palpitações, taquicardia, suava frio. Tinha a sensação de que eu ia desmaiar ou vomitar. Tinha muito medo de sair, achava que ia passar por uma grande vergonha ou morrer. É muito louco, porque você sabe que não é verdade, mas não consegue controlar a mente", disse à revista Contigo.

Bianca buscou tratamento profissional e melhorou, mas confessou, em 2013, que ainda não gostava de falar sobre esse assunto porque sentia que estava revivendo o que passou. Fora do ar desde o fim de O Outro Lado do Paraíso (2017), ela está reservada para a próxima novela das sete, Salve-se Quem Puder.

reprodução/Instagram

Thammy Miranda já teve crises tão intensas que achou que ia morrer e pensou em se matar


Thammy Miranda

Durante participação no Encontro em 2013, Thammy contou sobre as crises de pânico que enfrentou durante uma viagem: "Eu estava no Havaí com a minha família e, no meio de um jantar, tive certeza de que ia morrer naquela hora, a minha sensação era de desmaio. A partir daquele momento, fiquei com medo de sentir aquilo outra vez".

"Passei três meses sem sair de casa. Eu não ia ao banheiro sozinho, uma empregada ia comigo e ficava do lado de fora enquanto eu tomava banho", completou. Ele acredita que a morte de seu irmão Rafael e o fato de revelar à família sobre sua sexualidade foram fatores que desencadearam a síndrome.

divulgação/tv globo

A atriz Xuxa Lopes teve de ser afastada da novela Sangue Bom por não se sentir nada bem


Xuxa Lopes

A atriz chegou ao ponto de pedir para sair da novela Sangue Bom (2013) porque estava sofrendo muito com as crises de pânico. "Estava começando a atrapalhar nas gravações. Na hora de ir para o set com o elenco, subia uma coisa pela garganta, parecia que meu coração ia sair pela boca, eu suava, aí me dava um branco e não sabia o que tinha de fazer ali", contou ela à Contigo, em 2013.

Para tratar da angústia que sentia e de suas questões psicológicas e emocionais, Xuxa passou a fazer sessões com um psicólogo e a se consultar com um psiquiatra. 

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

A cantora Simony teve o diagnóstico de síndrome do pânico aos 20 anos e sofreu bastante


Simony

Em depoimento ao programa Luciana By Night em abril, Simony revelou que foi diagnosticada com a síndrome aos 20 anos. "Era algo meio que desconhecido na época. As pessoas achavam que era frescura. Aquilo foi piorando e chegou uma hora em que eu cancelei todos os shows, dormia de mão dada com a minha mãe. Até larguei carro dentro de túnel várias vezes. Quando dá a crise, é terrível", contou.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você vai acompanhar Salve-se Quem Puder?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook