Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Em isolamento

Com câncer, Ana Maria Braga revela medo de coronavírus: 'É assustador'

Reprodução/TV Globo

Ana Maria Braga durante participação no Encontro com Fátima Bernardes nessa segunda (20)

Ana Maria Braga durante participação no Encontro com Fátima Bernardes nessa segunda (20)

REDAÇÃO

Publicado em 20/4/2020 - 11h36

Ana Maria Braga voltou a trabalhar na manhã desta segunda (20), em uma participação durante o Encontro. Ela conversou com Fátima Bernardes sobre o tratamento que faz contra um câncer no pulmão e o risco que corre durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A apresentadora confessou que as perspectivas da doença lhe amedrontam.

"Eu tô na fase de pessoas que estão mais preocupadas, porque já passei dos 60 anos, e esse vírus ataca mais pessoas de mais idade. Obviamente isso passa pela cabeça da gente. Mas encarei esse tratamento [contra o câncer] de forma positiva, além de me proteger. De vez em quando deito de noite e falo: 'Obrigada, consegui me proteger'. É assustador, não adianta negar. Eu tenho risco duplo, tenho um câncer de pulmão, onde esse vírus ataca. Acho que tem que ter cuidado redobrado", disse ela.

Ana Maria Braga ainda acrescentou que não só ela, mas todas as pessoas devem ter cuidado, porque a doença não escolhe cor, credo ou idade. "Não é uma gripezinha, é uma coisa muito séria, essa recomendação de ficar em casa é fundamental", alfinetou a apresentadora, citando a frase dita pelo presidente Jair Bolsonaro.

Apesar do risco, Ana Maria contou que continua com seu tratamento e se sente muito bem, após já ter passado por quatro sessões de quimioterapia e imunoterapia.

"Acho que eu tenho um privilégio. Eu não tive queda de cabelo, já fiz a quarta imuno e quimio, tá fazendo 21 um dias da última quimio e da imuno. Tenho um retorno essa semana pra saber se já foi tudo embora", explicou.

"[Sinto às vezes] Um mal estar normal de muita química no organismo. Seria bobagem dizer que tô aqui como uma estrela de Hollywood. Tem aqueles sintomas, enjoo, mal estar, um pouco de cansaço. Mas tô numa fase ótima, nessa primeira fase de tratamento. Tô me sentindo curada. O mais importante de tudo isso é a cabeça da gente lutar nessa guerra a favor da gente", celebrou.

A apresentadora apareceu ao vivo em uma transmissão feita de sua casa em São Paulo e disse que estava morrendo de saudade de trabalhar. Ela também sente falta dos netos, que não tem lhe visitado durante a quarentena, por precaução.

"Não consigo vê-los a não ser por essa telinha. Você não faz ideia do que é a vontade de beijar, abraçar. Eu vejo as crianças, elas cresceram. Meus primeiros abraços [após a quarentena] vão ser pros netos, sem dúvida. Vou fazer um bolo, uma festa!", afirmou a Fátima Bernardes.

A titular do Mais Você ainda falou que a religião tem lhe ajudado a passar por esse momento difícil. "Fé é um acalento. Quando você tem fé, parece que dá uma energia a mais, tem alguém ali com você. Você acreditando, todas as suas células acreditam junto e saem pra briga", incentivou Ana Maria.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?