Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ASSISTA AO VÍDEO

Casagrande abre duplex reformado para apagar memórias do uso de drogas

REPRODUÇÃO/GNT

Montagem de fotos com Walter Casagrande em seu duplex

Walter Casagrande mora em um duplex em São Paulo; local foi reformado durante a Copa de 2018

VINÍCIUS ANDRADE

vinicius@noticiasdatv.com

Publicado em 3/7/2022 - 6h35

Comentarista da Globo desde 1997 e ex-jogador de futebol, Walter Casagrande mora sozinho em um duplex na Vila Madalena, bairro boêmio da zona oeste de São Paulo. Entre coleções de discos, camisas de futebol e tênis All Star, o ídolo do Corinthians faz questão de manter o imóvel organizado, uma forma de controlar os gatilhos das memórias do uso de drogas. A residência foi reformada em 2018, ano marcante para o ex-atleta.

Casão abriu a casa para o programa Pode Entrar, do GNT, em episódio que foi ao ar no último mês na TV paga. "Esse apartamento foi totalmente reformado, ele foi modificado. Foi modificado para não mexer com o meu psicológico, não mexer com a minha memória", explicou ele.

"Não é a mesma coisa daquele que eu morava antes da Copa do Mundo de 2018. Eu fui para a Rússia fazer a Copa, meu filho Leonardo e a mulher dele, a Vanessa, modificaram o apartamento para eu não ter memórias do que tinha acontecido anteriormente, com muito uso de drogas", relembrou.

A Copa do Mundo de 2018 representou uma vitória pessoal na vida de Casagrande. Ele foi ao evento com o objetivo de "chegar pela primeira vez numa Copa do Mundo sóbrio, permanecer sóbrio e voltar para a minha casa sóbrio". E conseguiu.

Desde então, o comentarista fala abertamente sobre dependência química e procura compartilhar a experiência que teve como forma de ajudar outras pessoas a se libertarem do vício. Casão tem livros, documentário no Globoplay e costuma fazer palestras sobre o assunto. A forma de se relacionar com o local onde mora faz parte dessa transformação:

Eu não deixo a minha cozinha suja. Quem chegar na minha casa em qualquer momento do dia, vai encontrar a cozinha limpa, as salas e o meu quarto, organizados. Eu não saio do quarto sem arrumar a cama, isso eu aprendi na internação. Você perdia ponto. A organização faz parte da saúde mental, então eu mantenho uma organização precisa.

Veja abaixo o vídeo que Casagrande mostra o duplex:

'Casa da democracia'

Assim que abriu a casa para o GNT, Casão declarou que seu apartamento é praticamente uma caverna. "Caverna do rock, da democracia e do soul", resumiu. Na parede da sala, quadros de artistas como Janis Joplin (1943-1970), Raul Seixas (1945-1989), Rita Lee e Pete Townshend.

A música, o futebol e o cinema estão espalhados por diferentes pontos do duplex, com discos, livros, decoração, camisas históricas e lembranças de amigos, como Sócrates (1954-2011). O duplex tem uma sala de jantar com um camarim improvisado com as roupas que ele usa durante participações em transmissões e programas da Globo.

No segundo andar, Casagrande tem uma "sala de som e TV", mas ele diz que mal frequenta esse espaço: "Eu não me lembro nem a última vez que eu sentei aqui pra ver uma TV, eu fico muito lá embaixo na sala. Quando eu subo, vou e fico no meu quarto".

A suíte fica ao lado e conta com uma varanda, onde ele cuida de plantas e tem uma vista para o bairro da Vila Madalena. "Eu moro perto, mas não tão perto da balada, mas a minha área é residencial. Meu apartamento é uma área tranquila, às vezes nem parece Vila Madalena".

E o closet guarda uma coleção de tênis All Star. "Tem muita coisa que marca minha vida, mas uma das minhas marcas principais é o meu tênis, o All Star. Eu comecei a usá-lo por causa do estilo e da filosofia de vida que comecei a desenhar pra mim na adolescência e eu não parei mais", explica.


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.