Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DESABAFO

Bruno Gagliasso abre o jogo sobre racismo sofrido pelos filhos: 'Fiquei muito mal'

REPRODUÇÃO/GNT

Imagem de Bruno Gagliasso no Saia Justa, do GNT

Bruno Gagliasso no Saia Justa, do GNT; ator desabafou sobre racismo sofrido pelos filhos

ERICK MATHEUS NERY

erick@noticiasdatv.com

Publicado em 7/7/2022 - 13h55

Bruno Gagliasso se emocionou ao desabafar sobre o racismo sofrido pelos filhos Titi e Bless. Na quarta (6), o ator confessou que "ficou muito mal" ao ver o preconceito enfrentado pelas crianças e que, desde então, mudou sua atitude e passou a defender a bandeira racial, inclusive em seus trabalhos.

"A gente tem que ir para ação. É muito fácil falar 'eu não sou racista', mas e o que você faz para combater o racismo? Eu sou um cara que aprendeu tomando porrada por conta dos meus filhos e quando caiu minha ficha, fiquei muito mal porque vi que era racista", destacou Gagliasso em entrevista ao Saia Justa, do GNT.

Durante a conversa com Astrid Fontenelle, Sabrina Sato, Luana Xavier e Larissa Luz, o ator explicou o seu posicionamento sobre a questão racial:

Vou ser um eterno antirracista e vou estar sempre em desconstrução porque fui criado de uma maneira que não me ajudou, não fui educado dessa maneira. Tive que aprender vendo os meus filhos sofrerem e isso é muito forte, muito difícil.

"Agora, não deixo [o racismo] passar. Não deixo passar na escola, não deixo passar no restaurante", complementou o galã.

Gagliasso confessou que, após adotar esse posicionamento, chegou a perder trabalhos: "Já vieram falar para mim: 'Não chama o Bruno para esse trabalho porque ele só vai fazer se tiver gente preta', e eu falei: 'É isso mesmo! Avisa que é verdade'. Não me chama, não vou fazer um trabalho que não tem gente preta".

Confira um trecho do programa:


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.