Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

BRUNO MIRANDA

Baleado em briga de trânsito, Borat do Amor & Sexo está no CTI: 'Poderia ser fatal'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Bruno Miranda com o figurino de Borat, em Amor & Sexo, na Globo

Bruno Miranda com o figurino de Borat, em Amor & Sexo, na Globo; ator foi baleado em briga de trânsito

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 26/11/2020 - 20h38

Bruno Miranda, conhecido como Borat de Amor & Sexo, da Globo, está internado em estado grave no CTI (Centro de Terapia Intensiva) do Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. O ator foi baleado por um policial em uma briga de trânsito na quarta-feira (25). Ele teve o rim direito e o intestino atingidos e foi operado na noite de ontem. "Poderia ter sido pior e fatal", disse Mariana Melgaço, mulher do artista.

Miranda foi baleado na Rua Maurício da Costa Faria, no Recreio, Zona Oeste do Rio. Aproximadamente às 12h, dois carros colidiram na via, sendo que um deles capotou. De acordo com informações do jornal O Globo, um dos motoristas era Fábio dos Santos, o policial.

Ele teria iniciado uma discussão com a outra parte envolvida no acidente, sacou a arma e disparou. O tiro atingiu o intérprete de Borat, que estava no local como pedestre. Ao Notícias da TV, a Secretaria municipal de Saúde do Rio de Janeiro informou que o paciente está "internado com quadro grave no CTI".

Em suas redes sociais, Mariana, que é médica, deu detalhes de como seu marido foi baleado. "O Bruno estava caminhando sozinho para a academia. Seu carro já estava estacionado, quando ocorreu a batida de dois carros. Um dirigido por uma mulher, que estava com o carro capotado no cruzamento, e outro dirigido por um policial militar. O Bruno e um casal foram ajudar a tirar a mulher do carro capotado. O policial militar alterado entrou em luta corporal com o homem do casal e tentou atirar nele. Porém, a bala sobrou para o Bruno, perfurando sua região periumbilical à direita", declarou.

"Continuemos intercedendo confiantes por sua recuperação, pois rim e intestino são órgãos muito delicados", completou. Em entrevista para o site da revista Época, nesta quinta-feira (26), Mariana contou que conseguiu conversar com o marido no hospital.

Mariana Melgaço e Bruno Miranda, o Borat, em foto recente para o Instagram do ator

"Estive com ele no CTI, perguntei se ele viu quem atirou, mas ele disse que não. Falou que só escutou o barulho do disparo e sentiu a dor. Fui eu que contei que havia sido um policial, e ele disse: 'Não sabia, eu estava do outro lado da calçada. Só escutei um disparo de revólver e senti a dor'", relatou.

"Os médicos do centro cirúrgico falaram que ele teve muita sorte, porque não pegou numa região muito crítica. Poderia ter sido pior e fatal realmente. Graças a Deus pegou um pedaço do intestino e outro pedaço pequeno do rim", observou.

Segundo ela, o ator já questionou se terá alta em breve. "O Bruno não gosta muito de hospital, tem um certo pânico. Tentei acalmá-lo, falei que a gente precisava dele bem, que ia precisar ficar um tempo internado para se recuperar", disse.

A médica contou que recebeu uma ligação do marido momentos após o acidente. Ele recebeu ajuda de pessoas que estavam no local até o socorro chegar. "Ele estava muito assustado, perguntei o que tinha acontecido, e ele disse: 'Tomei um tiro, tomei um tiro. Não posso morrer'. Tinha muita gente ajudando. Um rapaz com um paninho tentando estancar o sangue, uma senhora com uma sombrinha", detalhou.

Mariana lamentou o fato de Miranda ter sido uma das vítimas da violência. "O Bruno não tinha nada a ver com isso. Ele é uma pessoa que trabalha com o corpo, com a imagem, vai ficar com uma cicatriz imensa. Claro que é o menor dos problemas, mas é um prejuízo que essas pessoas causam na vida das outras", finalizou.

Na tarde desta quinta-feira, Mariana usou o Instagram para dar mais detalhes do estado de saúde do ex-assistente de palco de Fernanda Lima. Em linguagem médica, ela considerou que seu marido evoluiu, está "lúcido e orientado". Leia a íntegra:

"De acordo com a evolução médica de hoje: paciente admitido no CTI em 25/11, em pós-operatório de colectomia direita, enterectomia, lesão de polo renal direito em tratamento conservador, após lesão por projétil de arma de fogo abdominal, sem comorbidades clínicas. Em uso de ceftriaxona e metronidazol (antibióticos). Últimas 12 horas com pressão arterial estável, sem febre, diurese 1600 ml, acesso venoso em veia jugular interna esquerda.

Acordado, sem necessidade de uso de aminas vasoativas, lúcido e orientado, eupneico, acianótico, anictérico, hipocorado, hidratado, estável hemodinamicamente. Ritmo cardíaco regular, pulmões limpos à ausculta respiratória, abdome tenso, peristalse débil, doloroso difusamente, sem sinais de irritação peritoneal, com ferida operatória.

Membros inferiores sem alterações. Mantida dieta zero, novos exames laboratoriais, analgesia regular. Segue aos cuidados do CTI e da cirurgia geral."

Veja publicação sobre Bruno Miranda no Instagram:


Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
De absorvente usado a café no chão: As maiores nojeiras de A Fazenda 13Bolsonaro virou chacota na Globo! Nos Tempos do Imperador coleciona indiretasMitomaníaco, sem noção ou exibido? 5 vezes que Gui Araujo falou demais em A FazendaDe vendedor de pastéis a diretor de cinema: Por onde anda o elenco de Malhação 2008?Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filme

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas