Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

LUTO NA TV

Atriz Rosaly Papadopol morre aos 64 anos vítima de câncer no baço

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Rosaly Papadopol em cena como Olga em Malhação, da Globo, em 2009

Rosaly Papadopol em cena como Olga em Malhação, da Globo, em 2009; atriz lutava contra câncer no baço

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 16/12/2020 - 19h43

A atriz Rosaly Papadopol morreu na madrugada desta quarta-feira (16), após batalha contra um câncer no baço. A artista de 64 anos estava internada em um hospital de São Paulo por complicações da doença. "Era um tumor bem agressivo", relatou Camila Sartorelli, produtora artística e amiga pessoal dela.

Rosaly lutava há aproximadamente dois anos contra o câncer. Em suas redes sociais, chegou a publicar registros do tratamento e da queda de cabelo. Em janeiro, compartilhou fotos de uma celebração entre amigos. "Festa da peruca. Amor de família, uma alegria", escreveu.

"Ela estava internada em São Paulo e faleceu por conta das complicações normais da doença. Era um tumor bem agressivo, foi complicado. Ela era separada e não deixa filhos. Eles estão esperando o irmão dela chegar de Porto Alegre para ver como vai ser o velório e essas coisas", declarou Camila ao site da revista Quem.

Nascida em São Paulo capital em 23 de fevereiro de 1956, Rosaly iniciou sua carreira em 1975, no teatro. Fez parte, por exemplo, da montagem de Saudades do Brasil, com Elis Regina e César Camargo Mariano.

Na televisão, atuou em novelas como Éramos Seis (1994) e Dona Anja (1996), ambas no SBT. Na Globo fez Porto dos Milagres (2001), Bang Bang (2005), Malhação (2009) e A Vida da Gente (2011). Na Record, atuou em Metamorphoses (2004). Seu último trabalho foi na série Samantha! (2018), na Netflix.

Veja publicações de Rosaly Papadopol no Instagram:


Relembre entrevista de Rosaly Papadopol ao Vídeo Show em 2009:


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.