WAGNER SANTISTEBAN

Ator da série Sandy & Junior revela bullying por trabalhar na TV: 'Sofri pra c...'

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O ator Wagner Santisteban caracterizado como o personagem Basílio da Guia, da série Sandy & Junior (1999-2002)

Wagner Santisteban em Sandy & Junior (1999-2002); ator revelou que sofreu bullying na época da série

REDAÇÃO - Publicado em 13/11/2019, às 10h46

Ator conhecido pelo papel de adolescente desajeitado na série Sandy & Junior (1999-2002), Wagner Santisteban revelou que sofreu bullying por trabalhar em televisão na época, quando tinha 16 anos. "Eu era o 'garoto de programa' porque fazia programa de TV. Sofri para cacete!", contou o noivo de Antonia Morais. Para interpretar um nerd, o artista teve que engordar, usar óculos e aparelho nos dentes.

Por conta de sua aparência na adolescência, Santisteban era motivo de piada na trama dos irmãos Lima, e, por consequência, se tornou alvo de brincadeiras na vida real também. 

"Eu era o bullying em pessoa e sofria isso nas ruas. Era um momento em que eu estava me colocando como ser humano no mundo, então sofri bastante. Teve um Carnaval que passei de máscara porque as pessoas me zoavam", contou o ator em entrevista à revista Quem.

Na época da escola, o astro foi apelidado de 'garoto de programa' por causa do preconceito sofrido pela profissão de forma geral. "[Também] Falavam que eu era gay porque me maquiava na TV. Enfim, a gente era ou gay ou drogado", relembrou ele. As atrizes também eram chamadas de prostitutas, segundo o ator. 

Hoje, aos 36 anos, Wagner Santisteban avaliou que, com o tempo, a sociedade passou a enxergar melhor a questão do preconceito. "Apesar da crescente geração conservadora, acho que evoluímos. É uma questão de aceitar a felicidade do outro. Quase todos os meus amigos que faziam bullying comigo hoje trabalham com cinema. É muito doido", pontuou.

O ator consiedera importante a discussão do tema e torce para que não seja mais necessário falar sobre isso daqui a dez anos. "As pessoas sofrem com o bullying. Ele muda a autoestima das pessoas, muda a vida. Tem gente que fica lutando a vida inteira contra a balança por causa disso ou contra qualquer coisa que seja motivo de bullying", destacou Santisteban.

O artista aproveitou para agradecer o apoio da família, que o ajudou na fase difícil e que também o incentivou a usar o diálogo para lidar com os valentões. "Por causa disso, [eu] transformava aquilo que era negativo em positivo. Eu conversava com a pessoa, fazia ela refletir sobre aquilo, e no final a gente ficava amigo", contou. 

Nove anos mais velho que a noiva, Antonia Morais, Santisteban atribuiu grande parte de sua evolução como ser humano à amada. "Ela me ensinou a ser um homem mais legal. É a relação mais real que eu vivi na minha vida. Estou me adaptando a uma nova geração e a uma nova forma de ser, que na verdade é a certa", declarou ele. 

O último trabalho do ator foi na novela O Tempo Não Para (2018), em que interpretou o jornalista Pedro Parede.

Confira o ator Wagner Santisteban nos dias atuais: 

 
 
 
View this post on Instagram

Na estica no set 🎬

A post shared by Wagner Santisteban (@wagsantisteban) on

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual novela a Globo deve passar após Fina Estampa?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook