Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

FELIPE CARRERAS

Após ser 'jantado' por Anitta, deputado retira emenda a MP prejudicial a artistas

REPRODUÇÃO/SBT e REPRODUÇÃO/TV CÂMARA

Montagem de fotos com a cantora Anitta (à esquerda) no Programa da Maísa, do SBT; e do deputado Felipe Carreras, em programa da TV Câmara

Depois de discussão, Anitta conseguiu desmotivar o deputado Felipe Carreras a seguir com emenda à MP

REDAÇÃO

Publicado em 7/5/2020 - 9h05
Atualizado em 7/5/2020 - 9h06

Após ser "jantado" por Anitta durante uma live nas redes sociais, o deputado federal pernambucano Felipe Carreras (PSB-PE) retirou a emenda a uma medida provisória sugerida por ele, que seria prejudicial à classe artística. O político e a funkeira discutiram sobre a cobrança de direitos autorais em eventos públicos e privados, e a conversa terminou com bate-boca.

Em uma carta aberta escrita por Carreras e divulgada por Anitta em seu Instagram, o funcionário público se dirigiu aos artistas para explicar que retiraria a emenda devido à falta de entendimento sobre o assunto e a impossibilidade de diálogo com toda a classe artística.

"Decidimos não esperar o relator da MP ser definido como é uso e costume do Congresso [Nacional], e enviamos um requerimento direto para o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, com a solicitação que ele retire a emenda", disse o primeiro trecho do documento.

Na legenda da publicação, a cantora comemorou a desistência do deputado pernambucano em apresentar a emenda. "Vitória! Feliz de saber que toda a classe de músicos dormirá tranquila hoje com menos este problema. Agora vamos seguir com o foco no que importa no momento que é a Covid-19, e depois que tudo passar reitero meu convite feito ontem na live", escreveu a funkeira.  

Confira a publicação de Anitta nas redes sociais: 


Entenda o caso 

Na terça-feira (5), a cantora recebeu pedidos de amigos artistas para comentar a emenda proposta por Carreras, que afetava a Medida Provisória 948. "Eu sei que as pessoas vão falar isso: que eu não tenho inteligência para rebater", alfinetou a cantora ao convidar o político para uma live. 

A MP 948 dispõe sobre o cancelamento de serviços, de reservas e de eventos dos setores de turismo e cultura em razão do estado de calamidade pública. Em tempos de quarentena, a proposta afetaria a arrecadação sobre os direitos autorais de músicas executadas em eventos públicos e privados.

Aos seus seguidores, a funkeira explicou que conversou com o deputado federal por telefone e o convocou para uma transmissão ao vivo para discutir o tema. "Acho que se a gente tem as redes sociais e envolve tantas pessoas, pode ser debatido pelas redes sociais. Se ele quiser se retratar e explicar publicamente, por que é uma questão que envolve muitas pessoas que não estão no holofote", completou.

"Fica aqui meu convite para debater numa live frente a frente, com o público assistindo, com os artistas que precisam desse dinheiro. Assim, você [Carreras] pode colocar o seu ponto e eu posso colocar meu ponto de vista", completou. 

Durante a live, Anitta discordou do posicionamento do político. "Eu estou do lado de vocês, é uma via de mão dupla", disse o deputado em certa altura da discussão, que foi interrompido.

"Eu não encaro como se você estivesse do nosso lado [artístico]. Porque assim, como eu te falei, esse é um momento que não condiz, principalmente na MP 948, que é uma MP de urgência, que é sobre a toda a dificuldade que todas essas pessoas estão passando nesse momento de coronavírus", rebateu Anitta. 

"Usar essa MP de urgência para colocar essa questão de direito autoral, é uma coisa que não faz muito... Que não é o momento", completou. "Em primeiro lugar, estou à disposição do diálogo. Em segundo lugar, eu falei com a representante do Ecad [Escritório Central de Arrecadação e Distribuição] que tem a outorga, que fala por vocês, porque eu não consigo falar com todo mundo", se defendeu ele.

"Com você eu posso falar amanhã, depois, com outros artistas, estou à disposição. Estou à disposição do diálogo, estou do lado de vocês...", repetiu.

"Eu não acho que você esteja, e essa é uma coisa que a gente não vai concordar, e a gente não vai acabar esse debate jamais. Então, obrigada pelo seu tempo, a gente continua aí lutando, você puxa daí, a gente puxa daqui, e vamos ver o que acontece", desistiu a cantora, contrariada.

"Eu estou do lado de vocês. Eu quero ajudar vocês", argumentou o deputado. "Não acho. Não concordo", disse Anitta, que finalizou a transmissão, publicada integralmente em seu perfil no Instagram.

Veja a discussão de Anitta com Felipe Carreras: 

Confira a live na íntegra, disponível no perfil de Anitta:

View this post on Instagram

A post shared by Anitta 🎤 (@anitta) on

TUDO SOBRE

Anitta

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou dos participantes do BBB21?