Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

HÉLADY ARAÚJO

Após participar de Salve-se Quem Puder, atriz sofre com depressão e desemprego

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Hélady Araújo de cabelo molhado jogado para cima do ombro esquerdo com camiseta amarela

Hélady Araújo em postagem no Instagram; atriz de 44 anos enfrenta momento difícil

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 24/5/2021 - 10h28

A atriz Hélady Araújo tem enfrentado um momento difícil de sua vida. Ela está desempregada desde novembro, quando terminou sua participação no elenco de apoio da novela Salve-se Quem Puder, da Globo. Sua situação psicológica também é vulnerável, com depressão e dificuldades para lidar com mortes de familiares, amigos e conhecidos devido a complicações provocadas por Covid-19.

"Estou com depressão brava e pensamentos horríveis. Tem sido muito difícil. No meu Facebook, tenho dado os pêsames para muitas pessoas. Perdi um tio, muitos amigos e conhecidos. Isso me machuca demais, muito mesmo", comentou em entrevista à Quem.

Entre as lamentações, revelou que a perda de Paulo Gustavo (1978-2021) também a impactou muito. O ator morreu após passar 53 dias internado, em tratamento contra Covid-19.

"A morte do Paulo Gustavo mexeu de uma forma que não consigo nem explicar. Chorei três dias seguidos. Ele poderia ter sido vacinado e estar aqui com a gente, como as mais de 400 mil vidas perdidas. Muitas vidas poderiam ter sido salvas se desde o início a vacina tivesse sido comprada. É um momento muito triste e sombrio", afirmou.

Aos 44 anos, Hélady deixou o Rio de Janeiro no ano passado e voltou a morar com a mãe, em Cabo Frio, cidade do litoral do Estado. Com ajuda da mãe, a atriz tem conseguido se sustentar neste período.

O desejo dela é poder voltar a trabalhar e ter o próprio dinheiro para sobreviver. Até mesmo bicos como faxineira, manicure e recepcionista, por exemplo, foram deixados de lado.

"Não posso falar 'vou ali trabalhar como faxineira ou operadora' porque não estou vacinada. Sou do grupo de risco. Estou esperando ser vacinada para poder trabalhar em qualquer coisa. Não tenho medo de trabalho e nem vergonha de trabalho".

Mudança de perfil

A atriz tem como trabalho mais marcante na TV a série Pé na Cova (2013-2016), onde interpretou Dirceia. "O Miguel [Falabella] me ajudou no que podia. Me colocou em Brasil a Bordo (2017), fazendo a Diáfana. Mas ele ajuda muita gente, não posso jogar no ombro dele isso", disse.

"Um pouco antes da pandemia começar, a minha vida estava começando a melhorar. Fui contratada por quatro meses como elenco de apoio de Salve-se Quem Puder. Mas só gravei até novembro", complementou ela.

Antes da pandemia, Hélady cuidou da alimentação e conseguiu perder 60 dos mais de 150 quilos que pesava. Ela acredita que, por essa mudança, passou a perder alguns trabalho de atuação, por não ter mais o mesmo perfil.

"A obesidade não é engraçada, é uma doença", afirmou. "Engordei muito porque fui abusada sexualmente por três homens na minha infância, um deles sangue do meu sangue. As pessoas julgam achando que é desleixo. Não é nada disso. Com a pandemia, engordei 15 kg, porque é muita ansiedade, medo e tristeza", disse. Hélady contou ainda que faz dieta atualmente para evitar voltar a ser obesa mórbida.


Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Mitomaníaco, sem noção ou exibido? 5 vezes que Gui Araujo falou demais em A FazendaDe vendedor de pastéis a diretor de cinema: Por onde anda o elenco de Malhação 2008?Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novela

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas