Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

PASSADO OBSCURO

Após noite de VMA, web acusa MTV de racismo contra Michael Jackson

Divulgação

Michael Jackson ainda de cabelo crespo, terno e gravata vermelha

O Rei do Pop Michael Jackson caracterizado para o clipe do hit Billie Jean, lançado em 1982

REDAÇÃO

Publicado em 31/8/2020 - 8h26

Nesta segunda-feira (31), os internautas subiram a hashtag #MTVRacista no Twitter para acusar a emissora musical de discriminação. Michael Jackson (1958-2009) foi apontado como uma das principais vítimas, por ter deixado de ganhar prêmios do Video Music Awards VMA, como Artista do Ano. O tema veio à tona após a premiação no domingo (30). A web alegou que os negros são limitados às categorias R&B.

A jornalista Brenda, da conta @bbbrendaw no microblog, fez uma sequência de publicações explicando o motivo de tanta revolta entre os fãs do astro do pop, conhecido também pelas diversas cirurgias plásticas realizadas no rosto.

"Em 2019, os canais de notícia publicaram que a MTV norte-americana está passando por um processo de reavaliação do nome de uma das categorias da sua famosa premiação anual, o Video Music Awards (VMA)", escreveu.

De acordo com ela, o assunto é um resgate de declarações feitas pelo cantor em carta inédita revelada pelo jornal The Sun, neste ano.

A publicação divulgou o texto, escrito por ele em 1987, no qual fala da desigualdade racial na mídia e no meio artístico, e critica alguns famosos da época, como Os Beatles, Bruce Springsteen e Elvis Presley

"Esses caras [Os Beatles] eram bons, mas não melhores cantores ou dançarinos do que os artistas negros", declarou. Jackson também acusou revistas populares e a MTV de evitar artistas negros e avisou que ele seria o próximo Rei. "Eu não sou preconceituoso. Mas agora é hora do primeiro Rei Negro", escreveu.

"Meu objetivo é me tornar grande e poderoso, para me tornar um herói, para acabar com o preconceito, para fazer essas 'criancinhas brancas' me amarem e fazê-los me respeitarem. Eu vou mudar o mundo", completou.

Confira a repercussão abaixo:

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?