Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

DE SPIKE LEE

Clipe de Michael Jackson no Brasil ganha versão Black Lives Matter

Reprodução/YouTube

Com camisa vermelha e de gola bem aberta, Michael Jackson ergue o braço em posição de desafio; o grupo Olodum está atrás, durante gravação do clipe They Don't Care About Us em Salvador

O cantor pop Michael Jackson com o Olodum no clipe da canção They Don't Care About Us

REDAÇÃO

Publicado em 30/8/2020 - 9h20

O clipe da música They Don't Care About Us, lançado por Michael Jackson (1958-2009) em 1996 e que ficou famoso por ter uma versão gravada no Brasil, com o Olodum, ganhou uma reedição. Dirigida por Spike Lee, que havia assinado o vídeo original, a nova visão conta com referências ao movimento Black Lives Matter (Vidas Negras Importam).

O lançamento ocorreu no sábado (29), dia do aniversário de Michael Jackson --ele completaria 62 anos-- e o clipe rapidamente entrou para a lista de tendências do YouTube. Até o momento, acumula quase 400 mil visualizações.

Além das cenas de protestos recentes contra a brutalidade policial no mundo todo, o videoclipe mistura cenas gravadas em Salvador e no Rio de Janeiro e também da outra versão do clipe, rodado em uma prisão. A clássica frase "Michael, eles não ligam pra gente", dita por Angélica Vieira, continua na abertura.

A letra da canção, parte do disco HIStory, de 1995, segue atual. Fala de violência policial e de como negros são vítimas do ódio. Por isso, Spike Lee decidiu fazer a nova versão ligando a música ao Black Lives Matter. A música já havia sido recuperada em protestos de 2014 e 2016.

Michael Jackson teve problemas para rodar cenas do clipe original no Brasil. Autoridades do Rio de Janeiro temiam que mostrar a pobreza afetaria o turismo. Um juiz chegou a proibir que as gravações acontecessem. Os moradores da comunidade Dona Marta, por outro lado, adoraram a visita do astro do pop.

Confira a nova versão de They Don't Care About Us:

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?