Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

RAFINHA RSQ

Após 'flerte digital', brasileiro acorda com bom dia de Thalia e realiza sonho

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Montagem com Rafinha RSQ e Thalia

Rafinha RSQ e Thalia; compositor brasileiro emplacou duas canções no novo álbum da mexicana

ERICK MATHEUS NERY

erick@noticiasdatv.com

Publicado em 6/6/2021 - 7h10

Seguir no Instagram, curtir fotos, trocar mensagens no direct e no WhatsApp: esses são alguns passos de um flerte no universo digital. No entanto, quando Thalia fez isso com Rafinha RSQ, o objetivo não era amoroso, mas sim o início de uma parceria de trabalho com o produtor musical. Ao longo dos últimos anos, eles trocaram mensagens de bom dia e composições musicais que transformaram o sonho do brasileiro em realidade.

"Era fã dela, de tudo [do México]. Via Maria do Bairro (1995), Chaves (1973-1980), Chapolin (1973-1979). Foi louco, até hoje é inacreditável. Foi a maior bênção da minha vida, o principal trabalho da minha vida, pela questão da interatividade, o relacionamento que fiz com ela. De acordar, ela mandar mensagem de bom dia, áudios. Teve uma conexão verdadeira", entrega o compositor ao Notícias da TV.

Rafinha é um dos músicos por trás de sucessos como Modo Turbo (Luísa Sonza, Anitta e Pablo Vittar), Apaixonadinha (Marília Mendonça e Léo Santana), Loka (Simone & Simaria e Anitta), entre outros.

Ao lado da eterna estrela da trilogia das Marias, exibida inúmeras vezes pelo SBT, o brasileiro escreveu e produziu as canções Cancelado e Por Qué, presentes no novo álbum da mexicana, desAMORfosis. Assim, além de realizar o sonho de trabalhar com o seu ídolo, Rafinha deu mais um passo na carreira no mercado internacional.

Há dois anos, estava trabalhando para o mercado latino e, de repente, a Thalia começou a me seguir e curtiu várias fotos minhas. Não falei nada para ninguém, só observei e fiquei quieto. De repente, ela me manda um direct e começou a falar: 'Nossa, que som é esse que você fez?'. Começamos a conversar, ela disse que queria ouvir minhas músicas, me mandou o número do telefone e disse que devia chamá-la na mesma hora.

"Não falei nem para a minha mãe, só trabalhava na calada e amadurecendo. No final das contas, depois de 30 músicas, ela escolheu duas que amou muito e comecei a amadurecer a produção", complementa Rafinha.

Neste período, o músico comentou com amigos sobre o sonho de atuar no mercado da música latina. "Todo mundo me colocava para baixo, era unânime. Muitas pessoas tentaram e realmente é difícil. Parei de falar para as pessoas, trabalhei e aconteceu!", comemora ele.

Na carreira internacional, Rafinha também teve a oportunidade de trabalhar com Ricky Martin, o que enriqueceu a experiência do brasileiro: "Lá fora, eles pensam na música indo para o mundo. Eles não querem saber se o povo está entendendo o que estão cantando, mas sim que dancem o que eles tocam, e o Brasil tem muito disso".

Confira as músicas de Thalia produzidas por Rafinha RSQ:

Prêmio NTV Melhores do ano


Leia também

Enquete

Qual foi o melhor telejornal ou programa jornalístico do ano?

Web Stories

+
Divórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabemJuan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do atorGui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?Vladimir Brichta contracena com a filha em Quanto Mais Vida, Melhor; veja outros casos

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas