Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

PAMELLA HOLANDA

Após áudios vazados, ex-mulher de DJ Ivis chora: 'Querem me pintar de louca'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Pamella Holanda, ex-mulher do DJ Ivis, chora em vídeo publicado nas redes sociais

Pamella Holanda, ex-mulher de DJ Ivis, caiu no choro ao se pronunciar sobre áudios vazados com brigas do casal

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 23/7/2021 - 16h50

Pamella Holanda, ex-mulher de DJ Ivis, usou as redes sociais nesta sexta-feira (23) para se posicionar sobre a divulgação sem autorização de áudios de brigas dela com o ex-marido. No longo desabafo, a influenciadora chorou ao afirmar que a defesa do músico -- preso por violência doméstica no último dia 14 -- quer desmoralizar sua imagem. "Querem me pintar de louca, desequilibrada", falou.

"Ontem foram misteriosamente vazados áudios de brigas minhas com ele. Eu sempre soube desses áudios, porque ele sempre gravava as nossas brigas. Filmava, produzia. Produzia defesa para ele, porque sabia que estava errado, e que também ia ser descredibilizado", começou a arquiteta. Nesta quinta-feira (22), o colunista Leo Dias, do Metrópoles, divulgou mensagens de voz trocadas entre os dois.

Segundo a influenciadora digital, o ex-marido apagou imagens das câmeras de segurança da casa onde moravam, que mostravam outras agressões, mas ela conseguiu recuperar. "Tem ele me ameaçando com uma faca, algumas gravações e áudios dele falando que vai mandar me matar. Que já estava há um ano se planejando para se separar de mim, que não tinha nada no nome dele, nem casa, nem carro e nem nada".

Querem apelar para isso, apelar para opinião pública. Querem me pintar de louca, desequilibrada. Eu consigo vir aqui com tranquilidade porque não que eu esteja preparada, mas tinha noção de que poderia ser usado contra mim, para me difamar, injuriar, para dizer que sou péssima mãe.

Após contar que foi agredida pela primeira vez quando estava grávida de Mel, a arquiteta relatou ter sofrido no pós-parto. "Era um ambiente hostil. Eu era agredida o tempo inteiro. Não só fisicamente, mas com palavras, falta de respeito. Eu fui agredida inclusive depois que cheguei do hospital, da cirurgia. Depois da complicação que tive no parto", disse, aos prantos.

DJ Ivis foi preso no dia 14 em Fortaleza, Ceará. A Justiça avaliou que as agressões cometidas contra Pamella Holanda, configuravam tentativa de homicídio e que o artista, em liberdade, representaria perigo à sociedade. Ele teve dois pedidos de habeas corpus negados pelo Supremo Tribunal de Justiça (STJ).

Assista aos vídeos: 


Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Além de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na políticaApós derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco originalTadeu Schmidt no BBB22: Conheça a carreira do apresentador na Globo

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas