Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Preconceito

Aos prantos, Cacau Protásio fala sobre preconceito que sofreu durante gravação

Reprodução/Instagram

Foto da atriz Cacau Protásio usando farda

Cacau Protásio contou que sofreu preconceito ao gravar cenas de filme no Batalhão dos Bombeiros, no Rio de Janeiro

REDAÇÃO

Publicado em 27/11/2019 - 15h30
Atualizado em 27/11/2019 - 15h38

Cacau Protásio usou seu Instagram na manhã desta quarta-feira (27) para desabafar sobre preconceito. Aos prantos, a atriz mostrou sua indignação quanto às ofensas que sofreu durante a gravação da cena de um filme, que aconteceu no Batalhão do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro. "Eu conto história, conto ficção. Eu não mereço ser agredida. Assim como ninguém merece", disse ela, chorando.

No último domingo (24), a atriz esteve no Batalhão dos Bombeiros para realizar a gravação do filme Juntos e Enrolados. Na cena, a personagem Sargento Diana vai falar com seu superior, que é apaixonado por ela. No meio da conversa, ele terá uma alucinação e a verá dançando no meio do pátio.

Essa sequência foi filmada por um dos bombeiros do batalhão, que divulgou as imagens nas redes sociais e fez ofensas à atriz. "Para gravar no Batalhão tínhamos todas as autorizações necessárias, inclusive com a assessoria do próprio Corpo de Bombeiro", esclareceu Cacau no vídeo que publicou para explicar a situação.

Visivelmente abalada, ela explicou que teve ajuda de várias pessoas durante a gravação, inclusive bombeiros. Porém, depois ela começou a ser ofendida. "Existem pessoas que estão me agredindo, me xingando. Eu sou negra, gorda, sou atriz e tenho orgulho de tudo isso. Agradeço a Deus todos os dias, quem me conhece sabe, mas eu acho isso uma falta de respeito", desabafou ela.

Na gravação feita pelo profissional e divulgada na internet, o homem profere palavras racistas, gordofóbicas e homofóbicas. "Ele espalhou o vídeo com o pedaço de uma única cena, me xingando, falando: 'aquela negra, gorda, filha da puta, com aquela cambada de viado'. Racismo é preconceito se ele não sabe. Isso é muito triste, não sei porque tanto ódio", disse ela.

Em nota, o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro informou que não compactua com qualquer ato discriminatório e abriu um procedimento interno para identificar os militares envolvidos. 

"A corporação se solidariza com a atriz Cacau Protásio. O CBMERJ reforça o seu compromisso com a população de Vida Alheia e Riquezas Salvar independente de cor, gênero, raça ou qualquer outra distinção. Os atos divulgados não representam a corporação centenária que, por anos seguidos, é considerada a instituição mais confiável do Brasil", afirmou a corporação.

Os vídeos publicados pela atriz causaram indignação em seus seguidores e amigos de profissão. Tatá Werneck fez questão de registrar seu carinho pela atriz: "Te amo". O ator Marcelo Serrado também se mostrou solidário: "Tô com você".

"Você é maior que isso", escreveu Luis Miranda. "Você é maravilhosa, Cacau! Não dê ouvidos nunca aos maldosos de plantão. A sociedade está doente... Claro que tem que denunciar, mas não leve a sério por favor! Te amo, viu? Luz e abraços pra ti", comentou a atriz Carol Castro.

Confira os vídeos completos publicados por Cacau:

Ver essa foto no Instagram

Vídeo 1.

Uma publicação compartilhada por Cacau Protásio (@cacauprotasiooficial) em

Ver essa foto no Instagram

Vídeo 2.

Uma publicação compartilhada por Cacau Protásio (@cacauprotasiooficial) em

Ver essa foto no Instagram

Vídeo 3.

Uma publicação compartilhada por Cacau Protásio (@cacauprotasiooficial) em

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Cacau Protásio (@cacauprotasiooficial) em

Leia também

Web Stories

+
Harmonização facial e lente nos dentes: Veja antes e depois dos peões de A Fazenda 13Ex de Anitta e rei da pegação: Gui Araujo é o primeiro fazendeiro de A Fazenda 13Elenco, estreia e bastidores: Saiba tudo sobre o reboot de Um Maluco no PedaçoAgressão e barraco em festa clandestina: Veja histórico dos peões de A Fazenda 13Vereda Tropical no Globoplay: Veja por onde andam cinco atores sumidos da novela

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou do elenco de A Fazenda 13?