Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

DIVIDIDO

Antonio Fagundes revela angústia e alegria durante a quarentena

Reprodução/TV Globo

Com a cara fechada, Antonio Fagundes está sentado em cena de Bom Sucesso

Antonio Fagundes em sua novela mais recente na Globo, Bom Sucesso, na qual viveu o livreiro Alberto

REDAÇÃO

Publicado em 30/8/2020 - 8h07

Amante do teatro e viciado em leitura, Antonio Fagundes confessou que a quarentena e o isolamento forçado em sua casa lhe trouxeram tanto uma angústia quanto uma alegria. A tristeza foi por não poder mais subir ao palco e reunir a plateia para prestigiar a arte. Por outro lado, o tempo livre deu a ele a chance de ler ainda mais.

Entrevistado por Carlos Tramontina no Antena Paulista deste domingo (30), Fagundes falou sobre como está por causa do fechamento dos teatros. "Completamente angustiado. Eu tenho uma vontade grande de ir sempre ao teatro, como espectador, não só como ator. Embora eu nunca tenha parado de fazer teatro nesses 56 anos de profissão, eu sempre dou um jeitinho de ver os colegas", admitiu.

"Principalmente porque o que me emociona no teatro é o oposto do que nós estamos vivendo hoje, que é a aglomeração, você reunir 700 pessoas e estar no meio delas, participando de uma experiência única, porque aquela peça jamais será repetida da mesma forma. Você está participando com estranhos de uma energia que é única, maravilhosa, forte, e que só a aglomeração pode dar. Estamos torcendo pra que isso passe logo para a gente voltar a se juntar num espaço", completou.

A pandemia do novo coronavírus, porém, também deixou o ator com a agenda bem mais livre. E ele tem ele aproveitado bem esse tempo extra: revelou recentemente que ficou viciado no jogo God of War e também tem exercido com ainda mais intensidade sua paixão pelos livros.

Leitor voraz, Fagundes aproveitava os longos períodos de ócio entre uma gravação e outra de cenas de novela para pegar um livro. "Eu fico lendo nos intervalos, enquanto os outros atores estão ensaiando, enquanto espero para começar a gravar, na sala do dentista", enumerou o veterano de 71 anos.

"Agora eu consegui pra mim algumas horas seguidas de leitura... Então é o paraíso, né?", brincou ele na conversa por videochamada com Tramontina.

O ator ainda contou que bota fé que os autores de novelas vão conseguir driblar as restrições ao contato físico agora que as gravações estão sendo retomadas. "Você consegue indicar que haverá um abraço daqui a 10 minutos mesmo sem mostrar esse abraço. Uma boa dramaturgia consegue fazer de tudo", valorizou.

Leia também

Web Stories

+
De Fernanda Montenegro a Sônia Braga: Cinco atrizes que entraram para a históriaDe série com Liniker a nova temporada de Elite: Confira os lançamentos da semanaBastidores de O Diabo Veste Prada tiveram atriz deprimida e look vetado, saiba maisJuliette, Zico e Anitta: Sete celebridades que viraram tatuagens de fãsOportunidade de brilhar: Cinco PCDs que atuaram na TV brasileira

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou da saída antecipada de Faustão da Globo?