Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

JORNALISTA OFENDIDA

Antonia Fontenelle é processada após sugerir formação de quadrilha

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Antonia Fontenelle em foto para seu Instagram em julho de 2020

Antonia Fontenelle em foto para seu Instagram; youtuber responde por injúria e difamação na Justiça

ELBA KRISS

elba@noticiasdatv.com

Publicado em 4/8/2020 - 7h17

Antonia Fontenelle, 47 anos, terá que responder por injúria e difamação na Justiça. A jornalista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, protocolou uma queixa-crime após a apresentadora sugerir que ela faria parte de uma quadrilha, entre outras ofensas. A profissional pede retratação e indenização por danos morais no valor de R$ 30 mil. A ação corre na 42ª Vara Criminal do Rio de Janeiro. 

A questão entre Antonia e Fábia começou quando a colunista passou a noticiar em sua coluna o imbróglio da youtuber contra Felipe e Luccas Neto, que a processam por terem sido associados por ela ao crime de pedofilia.

A atriz se declarou perseguida pelas publicações da jornalista e chegou a registrar um boletim de ocorrência contra ela. A produtora de conteúdo considera que as ameaças de morte que ela vinha sofrendo nas redes sociais eram consequências das reportagens da colunista.

"A Fábia, no direito dela de exercer o jornalismo, simplesmente publicava o que estava sendo exposto no site do Tribunal de Justiça [sobre o caso de Antonia e os irmãos Neto]. As decisões saíam, e ela comentava", explica Paulo Victor Lima Carlos, advogado da funcionária do jornal O Dia.

Os apontamentos da jornalista na queixa-crime são referentes a dois vídeos de Antonia no YouTube. Ela se sentiu caluniada por diversos comentários depreciativos disparados pela atriz. "[Antonia] começa, na verdade, a fazer uma verdadeira campanha contra minha cliente", ressalta Carlos.

Fábia Oliveira, do jornal O Dia, nos bastidores do SBT

Em live de 30 de junho no canal Na Lata, no Youtube, a artista sugere que Fábia, Alessandro Lo-Bianco, do A Tarde É Sua, da RedeTV!, e Tati Martins, do canal WebTV Brasileira, são parte de uma facção.

"Eu vou dizer para vocês aqui como a coisa funciona: essa gente se junta e, então, quando um não pode falar, dá para o outro. Aí eu pergunto: o nome disso não é formação de quadrilha?", questionou.

Na visão da defesa da ex-Fofocalizando, Antonia ofendeu a dignidade da profissional ao proferir esse e mais insultos: "Isso, para mim, não é imprensa! Isso, para mim, é fofoca barata de gente vadia que vive para denegrir os outros. Que ganha dinheiro em cima da desgraça alheia", disse a apresentadora na live.

"Se eu vier a meter um processo, é no jornal, porque a Fábia é mãe solteira, não tem onde cair morta", completou ela no mesmo vídeo. 

Já em 16 de julho, ao participar de uma live com Felipeh Campos, também do programa de de Sonia Abrão, na RedeTV!, a produtora de conteúdo voltou a falar sobre a colunista se referindo a ela como sendo "da banda podre do jornalismo".

Segundo os autos, ao qual o Notícias da TV teve acesso, a defesa de Fábia argumenta que Antonia "proferiu contra a querelante as seguintes ofensas: 'mãe solteira' e 'não tem onde cair morta'. Portanto, os delitos estão, sim, caracterizados e consumados, ainda que a querelante tenha 'reagido bem' à investida criminosa, explicando que não vê problema em ser 'mãe solteira', o que, sinceramente, não ocorreu com o humilhante não tem onde cair morta'".

Na petição, o advogado de Fábia afirma que a apresentadora do Na Lata teve intenção "caluniar, difamar e injuriar" uma vez que, na mesma live, diz: "Eu tenho faculdade e pós-graduação na sacanagem".

Ambas as partes deverão se encontrar para realização da audiência de conciliação na 42ª Vara Criminal do Rio de Janeiro em 29 de outubro, diante da juíza Alessandra de Araújo Bilac Moreira Pinto. 

A reportagem entrou em contato com Fábia Oliveira, que preferiu não se manifestar sobre a ação. Antonia também foi procurada, mas disse não ter conhecimento da queixa-crime: "Não tenho como falar nada agora porque, realmente, não sei de nada."

Veja os vídeos feitos por Antonia Fontenelle que viraram motivo de processo: 

Dono de jornal também processa Antonia

Essa não é a única ação contra Antonia Fontenelle. A apresentadora do Na Lata também deverá se explicar por declarações feitas sobre Nuno Vasconcellos, dono do jornal O Dia. O empresário entrou com uma queixa-crime contra a youtuber por calúnia, difamação e injúria. O processo corre no 9º Juizado Especial Criminal, da Barra da Tijuca.

O Notícias da TV teve acesso aos autos em quem Vasconcellos diz ter recebido mensagens da artista pedindo que ele "interviesse nas matérias da articulista [Fábia] para que cessassem".

"Sem conseguir seu intento, de censurar as matérias jornalísticas, a interpelada [Antonia], em vídeo publicado no dia 23/7/2020, disse que iria tomar providências, no âmbito judicial, contra a jornalista e o jornal".

Na gravação para o Instagram, a atriz disse a seguinte frase sobre o empresário: "Nuno, não é mais o Zé Dirceu que manda nesse país....Lula, Zé Dirceu e sua falange do mal".

A fala de Antonia é o motivo da ação de Vasconcellos, que pede "esclarecimento de frases ou expressões, escritas ou verbalizadas, caracterizadas por sua dubiedade, equivocidade ou ambiguidade, a fim de se verificar a prática de algum crime contra a honra".

Veja vídeo em que Antonia Fontenelle fala de Nuno Vasconcellos:

Ver essa foto no Instagram

Não, óbvio que não. Atenção @jornalodia quem procura acha.

Uma publicação compartilhada por ladyfontenelle (@ladyfontenelle) em


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?

Vanessa Giácomo
21.13%
Lucy Alves
16.78%
Rafa Kalimann
12.62%
Isis Valverde
22.07%
Uma atriz desconhecida
27.40%