Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

PROBLEMAS PSICOLÓGICOS

Acusado de violência sexual, Shia LaBeouf busca tratamento para alcoolismo

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Shia LaBeouf de jaqueta bege, com o braço direito apoiado em uma porta

Shia LaBeouf foi processado pela ex-mulher, a cantora FTK Twigs, e busca tratamento para o vício em álcool

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 25/12/2020 - 21h52

Processado por agressão, abuso sexual e psicológico pela ex-mulher, a cantora FTK Twigs, o ator Shia LaBeouf, de 34 anos, está em péssimo estado emocional e, segundo seu advogado, precisa urgentemente ser internado para tratar seus problemas psicológicos e o vício em álcool.

"Shia precisa de ajuda e ele sabe disso", apontou o advogado do ator, Shawn Holley, em entrevista ao site TMZ. "Estamos buscando ativamente o tipo de tratamento com internação significativo, intensivo e de longo prazo de que ele precisa desesperadamente".

O astro da franquia Transformers foi processado por Twigs por agressão, abuso físico e psicológico. Na ação, aberta na Suprema Corte de Los Angeles, ela relata que o ator, de quem foi noivo durante menos de um ano, também lhe transmitiu, conscientemente, doença sexualmente transmissível.

Twigs descreveu ao New York Times várias situações em que o ex teria sido agressivo. Ela disse que já chegou a acordar sendo estrangulada e sua vida foi colocada em risco mais de uma vez. A cantora afirmou que, em uma ocasião, o ator dirigia em alta velocidade e sem cinto de segurança quando ameaçou bater o carro caso ela não dissesse que o amava.

Depois, quando pararam em um posto de gasolina, LaBeouf, segundo o relato da artista, a agrediu e a empurrou contra o carro antes de obrigá-la a entrar novamente no veículo para que seguissem a viagem.

Ao New York Times, em resposta aos relatos, LaBeouf disse "não ter perdão" para seu alcoolismo e agressividade. "Fui abusivo comigo mesmo e com todos ao meu redor durante anos. Tenho um histórico de machucar as pessoas mais próximas a mim. Estou envergonhado desse histórico e sinto muito por aqueles que machuquei", comentou.

A cantora australiana Sia, de 44 anos, também revelou que foi vítima do comportamento agressivo do ator, afirmou que foi enganada e contou que ele alegou ser solteiro durante o relacionamento.

"Eu também fui ferida emocionalmente por Shia, um mentiroso patológico, que me enganou em um relacionamento adúltero alegando ser solteiro. Acredito que ele está muito doente e tenho compaixão por ele e suas vítimas", disse em publicação no Twitter.

Histórico de relacionamentos abusivos

Além das duas, outra ex-namorada do protagonista de Man Down (2017) , a estilista Karolyn Pho, também denunciou ter vivido um relacionamento abusivo com ele.

Por conta do processo judicial, o nome do ator foi removido recentemente de uma premiação da Netflix pela atuação em Pieces of Woman (2020), que estreia na plataforma em janeiro.

Nos últimos anos, LaBeouf foi detido várias vezes por se envolver em brigas, situações de perturbação da ordem e também por dirigir alcoolizado. Ele chegou a ser internado para tratar o vício, mas confessou ter voltado a cair no alcoolismo.


Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Após derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco originalTadeu Schmidt no BBB22: Conheça a carreira do apresentador na GloboRenascer no Globoplay: Saiba por onde anda o elenco da novela 28 anos depois

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas