Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ALLISON MACK

Acusada de tráfico sexual, atriz de Smallville pede para não ser presa

Divulgação/The CW

Allison Mack tem expressão séria em cena de Smallville

Allison Mack em cena de Smallville (2001-2011); sentença deve ser proferida na quarta (30)

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 27/6/2021 - 8h06

A atriz Allison Mack, conhecida por ter vivido Chloe Sullivan na série Smallville (2001-2011), solicitou formalmente à Justiça norte-americana que não seja mandada para a prisão. Em 2018, ela foi presa sob as acusações de tráfico sexual de mulheres, conspiração e trabalhos forçados. Cinco dias depois, pagou fiança milionária e foi solta.

A sentença de Allison deve ser proferida nesta quarta-feira (30). Por seus crimes, ela poderia ser condenada a passar de 14 a 17 anos atrás das grades. Mas promotores pediram uma pena mais leve porque ela cooperou com a investigação do caso de Raniere.

O papel da atriz no culto sexual seria recrutar novas participantes para o grupo, no qual elas seriam marcadas com as iniciais de Raniere na região pélvica, forçadas a fazer sexo com ele e submetidas a dietas extremamente restritivas. Para não deixarem a seita, as mulheres eram chantageadas com fotos nuas e informações constrangedoras que haviam cedido anteriormente.

Ela se declarou culpada pelos crimes em 2019. Segundo a Justiça, ela fazia parte de uma seita chamada NXIVM (lê-se Nexium), liderada pelo guru da autoajuda Keith Raniere. Ele foi condenado a 120 anos de prisão no ano passado. Agora, Allison tenta se livrar da cadeia.

"É fundamental para mim dizer, do fundo do meu coração, que eu sinto muito", começa a atriz em carta enviada aos promotores de seu caso. "Eu me atirei de cabeça nos ensinamentos de Keith Raniere. Acreditei de verdade que tê-lo como mentor me levaria a uma versão melhor e mais iluminada de mim mesma. Eu devotei minha lealdade, meus recursos e, essencialmente, minha vida inteira a ele. Foi o maior erro e o maior arrependimento de minha vida."

Segundo a atriz, desde sua prisão, ela deu uma guinada em sua vida: passou a trabalhar em uma companhia de bufês, se formou em uma faculdade comunitária e está inscrita na Universidade de Berkeley para obter um diploma de bacharelado duplo em Retórica e Psicologia. Para seguir com esses projetos, ela solicitou que não seja presa.

"Com todo o respeito, solicito a Corte que permita que eu continue nesse caminho de crescimento e reforma pessoal com uma sentença sem carceragem, para que eu possa seguir meus estudos acadêmicos", continuou ela na carta, que ainda lista várias pessoas que teriam se disposto a servir de testemunha de caráter.

"Agora que a cegueira do culto NXIVM foi removida, a senhorita Mack reconhece que suas ações foram abomináveis. A Allison Mack de hoje mal reconhece a mulher que ela era durante aqueles tempos sombrios", disseram seus advogados.

Prêmio NTV Melhores do ano

TUDO SOBRE

Justiça


Leia também

Enquete

Qual foi o melhor telejornal ou programa jornalístico do ano?

Web Stories

+
Juan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do atorGui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?Vladimir Brichta contracena com a filha em Quanto Mais Vida, Melhor; veja outros casosConfinado em A Fazenda 13, Dynho não sabe que Mirella pediu divórcio; como fica o caso?

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas