Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DENTRO E FORA DE CAMPO

Em má fase, Corinthians perde até no ibope para rivais São Paulo e Palmeiras

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Cássio, goleiro do Corinthians, com uma camisa laranja do clube com a braçadeira de capitão, durante um jogo do Campeonato Brasileiro

Cássio, goleiro do Corinthians: em crise técnica, clube não consegue mais ser campeão de audiência

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 27/6/2021 - 7h00

Clube que sempre marcou as maiores audiências do futebol na televisão, o Corinthians está em má fase dentro de campo, o que tem se refletido na audiência da Globo. O segundo time mais popular do Brasil está marcando números menores na temporada 2021 do que seus rivais São Paulo e Palmeiras, um fato raro.

O Corinthians só consegue superar o Santos, time com menor torcida e que sempre deu menos ibope para a emissora. O fato está preocupando executivos da Globo, porque o desempenho ruim do clube paulistano puxa para baixo os dados finais do futebol nacional --o que pode prejudicar nas próximas vendas comerciais.

Levantamento realizado pelo Notícias da TV mostra que o Timão conseguiu, em seis partidas transmitidas na atual temporada pela Globo em TV aberta, uma média de 19,7 pontos de Ibope na Grande São Paulo.

Com menos jogos (quatro transmissões), o São Paulo é o campeão atual entre os clubes paulistas, com 23,0 pontos. O Tricolor se beneficiou com as transmissões das finais do Campeonato Paulista, seu primeiro título de expressão nos últimos nove anos.

Já o Palmeiras, até agora o time com mais exibições em TV aberta (nove jogos), conseguiu 21,0 pontos. O Santos é o lanterna, com 15,9 pontos. Mas vale uma observação: o Alvinegro Praiano só teve um jogo exibido pela Globo até agora --na última quinta (24), contra o Grêmio.

Até o momento, com seis rodadas exibidas em São Paulo, o Campeonato Brasileiro tem média de 18,5 pontos. É um dos piores inícios de temporada do futebol na Globo. Internamente, o Corinthians é apontado como culpado. A avaliação é que o torcedor perdeu a paciência com o time fraco tecnicamente.

Prejuízo fora de campo

O que mais preocupa a Globo é a questão comercial. Se os números continuarem em baixa, será difícil convencer anunciantes do mercado publicitário a pagarem R$ 1,8 bilhão para anunciar no esporte mais popular do Brasil. Hoje, o pacote comercial do futebol é o mais valioso da programação.

Uma das principais referências quando o assunto é Corinthians, o jornalista Rodrigo Vessoni, do site Meu Timão, concorda que o péssimo momento do time em campo tem influência direta nos índices ruins.

"Acredito que isso tem a ver com duas situações: os bons momentos vividos pelos rivais e o momento 'água de salsicha' do Corinthians, que não consegue brilhar pela falta de um bom time e também não vive uma situação de desespero", opina Vessoni.

"O Corinthians é um clube de massa, e clubes de massa têm essa característica de céu e inferno. Quando isso não acontece, há uma tendência de letargia maior", conclui o jornalista.


Leia também

Web Stories

+
Harmonização facial e lente nos dentes: Veja antes e depois dos peões de A Fazenda 13Ex de Anitta e rei da pegação: Gui Araujo é o primeiro fazendeiro de A Fazenda 13Elenco, estreia e bastidores: Saiba tudo sobre o reboot de Um Maluco no PedaçoAgressão e barraco em festa clandestina: Veja histórico dos peões de A Fazenda 13Vereda Tropical no Globoplay: Veja por onde andam cinco atores sumidos da novela

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou do elenco de A Fazenda 13?