Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

SAIU COM 92%

Rejeitado no BBB5, Doutor Gê virou empresário de sucesso na área esportiva

DIVULGAÇÃO/GLOBO e ACERVO PESSOAL

Montagem de duas fotos de Rogério Padovan, participante do BBB5: na primeira, ele está prestes a ser confinado no programa, na segunda ele posa na sala de sua clínica médica

Rogério Padovan, mais conhecido como Doutor Gê, antes e depois do confinamento no BBB5

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 23/12/2020 - 13h00

Eliminado na quinta semana do Big Brother Brasil 5 depois de uma rejeição histórica, Doutor Gê conseguiu colher frutos da sua participação no reality show. O médico Rogério Padovan viu a carreira profissional decolar depois do confinamento. Atualmente, ele é dono de duas clínicas focadas na área esportiva. 

“Sou faixa preta de karatê há 20 anos, era da seleção brasileira. Hoje luto jiu jitsu, já fui campeão paulista e do Grand Slam nos Emirados Árabes. Tive sempre o esporte na veia e sangue de competidor. Vou sempre para jogar e para ganhar”, explica o ex-BBB5 em entrevista ao Gshow sobre o motivo de escolher a área esportiva para empreender. 

Nas duas clínicas esportivas do Núcleo Padovan, há especialistas que ajudam o paciente a conseguir atingir o alto rendimento esportivo, como nutricionistas, ortopedistas, cardiologistas e fisioterapeutas. Assim, o grande vilão do BBB5 conseguiu se estabelecer no mercado.

Passagem rápida

Apesar de mostrar maturidade para administrar seus negócios, Doutor Gê confessa que não teve o mesmo foco para ganhar o prêmio máximo do BBB5: "Se eu falar que eu fui atrás de dinheiro eu vou estar mentindo. Eu nem pensava em R$ 1 milhão. Era só um cara do interior que saiu de Ribeirão Preto [interior de São Paulo] e queria o camarote, as festas, a fama”, relembrou.

Mesmo assim, o paulista é lembrado até hoje como um participante que assumiu o papel de estrategista no reality show e botou medo em muito concorrente com o grupo "Tropa de Choque". Eles armavam paredões para eliminarem oponentes.

“Não querendo me gabar, mas eu fui divisor de águas no Big Brother. As pessoas iam para curtir, eu fui para jogar. Fui de cabeça. E o público me amava e odiava”, disse o médico. 

O plano não rendeu por muito tempo. Ele foi eliminado na quinta semana com 92% dos votos em um paredão contra Sammy. Porém, fora da casa, o ódio do telespectador pelo participante se tornou admiração. 

"Quando eu sai nas ruas, eu vi o quanto foi chocante o que eu fiz. Não tinha ninguém falando mal de mim, e eu dava autógrafo, tirava foto. Eu vivi pelo menos quatro anos como uma celebridade. Foi uma fase maravilhosa. A fama é efêmera, sobe e desce. Mas eu tive esse sucesso na Medicina, juntou com o BBB e acabou dobrando o sucesso", contou o empresário.  

Prêmio NTV Melhores do ano


Leia também

Enquete

Qual foi o melhor telejornal ou programa jornalístico do ano?

Web Stories

+
Gui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?Vladimir Brichta contracena com a filha em Quanto Mais Vida, Melhor; veja outros casosConfinado em A Fazenda 13, Dynho não sabe que Mirella pediu divórcio; como fica o caso?Quanto Mais Vida, Melhor enfrentou perrengues mesmo antes de estrear; conheça a trama

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas