Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

REALITY SHOW

De falsiane a médico encrenqueiro: Os mais odiados da história do BBB

FOTOS: REPRODUÇÃO/GLOBO

A falsiane Aline dos Santos e o encrenqueiro Rogério Padovan estiveram juntos na quinta temporada do BBB - FOTOS: REPRODUÇÃO/GLOBO

A falsiane Aline dos Santos e o encrenqueiro Rogério Padovan estiveram juntos na quinta temporada do BBB

GABRIEL PERLINE

Publicado em 8/1/2019 - 6h34

Além de consagrar Gleici Damasceno como vencedora, a última edição do Big Brother Brasil foi campeã em revelar pessoas detestáveis para os fãs do reality show da Globo. Três ex-participantes conseguiram entrar para o ranking dos dez mais odiados da história do programa, que estreou em 2001, em uma lista que conta com 272 nomes.

A cantora cearense Patrícia Leitte foi tão odiada pelo público que conseguiu se tornar a segunda pessoa mais rejeitada da história do BBB: ela saiu com 94,26% dos votos. Tudo porque se indispôs com a vencedora da 18ª edição, que passou alguns dias confinada em um quarto secreto e acompanhou cada passo da vilã da edição.

Ao retornar à casa principal, Gleici desmascarou Patrícia e expôs aos demais confinados todas as fofocas e intrigas que a sister causava na surdina, colaborando para aumentar sua rejeição perante o público.

O índice de reprovação de Patrícia foi alto, mas por muito pouco ela não destronou Aline dos Santos, do BBB5, que deixou a competição com 95% dos votos do público. Confira abaixo o ranking dos mais odiados da história do Big Brother Brasil, cuja nova edição estreia dia 15:

1º lugar: Aline dos Santos (BBB 5)
A carioca substituiu Marielza de Souza Dantas Santos, que sofreu um AVC dentro da casa do BBB. Foi escolhida por meio de um sorteio. Aline "X-9" foi considerada a falsiane da temporada por se fingir de amiga de todos, mas pelas costas sempre dava um jeito de prejudicar os confinados, inventando mentiras e causando intrigas.

2º lugar: Patrícia Leitte (BBB18)

3º lugar: Felipe Cobra (BBB7)
O skatista carioca caiu em desgraça ao comprar briga com Diego Alemão, que acabou vencedor da temporada. Desde o início da competição, ele foi avaliado pela audiência como folgado, preconceituoso, temperamental e violento. Saiu com 93% dos votos do público.

4º lugar: Nayara de Deus (BBB18)
Nayara de Deus tentou fazer militância dentro do BBB e se deu mal. A jornalista quis se aliar a outros negros dentro do confinamento, mas não conseguiu parceiros. Falava de preconceito racial em tom moralista, colocou-se por diversas vezes em condição de vítima e se esqueceu de participar do jogo. Resultado: o público de casa a detestou e ela saiu com 92,69% dos votos em um paredão triplo.

5º lugar: Rogério Padovan (BBB 5)
Um dos maiores estrategistas da história do reality show, o médico Rogério Padovan, o doutor Gê, foi ao paredão indicado por seu maior rival: Jean Wyllys, que se sagrou campeão da temporada. O vilão era o chefe da "Tropa de Choque" e armava diversos planos para eliminar seus oponentes. Conseguiu diversos aliados, que o seguiam sem pestanejar. Mas foi eliminado com 92% dos votos.

6º lugar: Rafa Oliveira (BBB12)
Brigar com pessoas queridas pelo público, trair sua namorada fora do confinamento e sua falta de coerência no jogo fizeram Rafa Oliveira entrar para o ranking dos dez mais odiados do reality. No paredão com Yuri Fernandes, saiu com 92% dos votos.

7º lugar: Airton Cabral (BBB7)
Quando Diego Alemão já despontava como grande favorito ao prêmio de R$ 1 milhão, Airton intensificou sua ira contra o rival e ameaçou partir para a porrada. Os dois acabaram se enfrentando em um paredão e ele recebeu 91% dos votos.

8º lugar: Ana Paula Costa (BBB18)
A bruxinha foi muito mal recebida pelo público, que detestou seu comportamento infantil e sua voz aguda. No terceiro paredão da temporada, a estudante de Jornalismo saiu da casa com rejeição de 89,85%.

9º lugar: Fani Pacheco (BBB7)
O alto índice de votos de Fani se deu exclusivamente por ter enfrentado seu ex-affair Diego Alemão no paredão. Os dois e Íris Stefanelli viveram um triângulo amoroso na competição, mas o rapaz foi alçado ao posto de mocinho e passou como um trator por todos seus adversários. Inclusive por cima da ex, eliminada com 89% dos votos.

10º lugar: Natália Nara (BBB5)
A ex-DJ cearense teve o azar de enfrentar Jean Wyllys no sexto paredão da temporada e acabou saindo com 88% dos votos. A essa altura, o professor universitário já figurava como mocinho da temporada e qualquer um que fosse para a berlinda sairia do jogo naturalmente, assim como aconteceu com ela.

Prêmio NTV Melhores do ano

Últimas de BBB19

Leia também

Enquete

Qual foi o melhor telejornal ou programa jornalístico do ano?

Web Stories

+
Divórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabemJuan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do atorGui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?Vladimir Brichta contracena com a filha em Quanto Mais Vida, Melhor; veja outros casos

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas