ACUSADO DE ABUSO SEXUAL

'Fui pego de surpresa', diz advogado de Vanderson, expulso do BBB19

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Vanderson Brito foi eliminado do BBB19 por conta das acusações de abuso sexual feitas por uma ex-namorada - REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Vanderson Brito foi eliminado do BBB19 por conta das acusações de abuso sexual feitas por uma ex-namorada

GABRIEL PERLINE e VINÍCIUS ANDRADE - Publicado em 23/01/2019, às 12h49

Vanderson Brito acaba de ser expulso do BBB19 a pedido da delegada Rita Salim, titular da Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá), no Rio de Janeiro. O ex-participante deixou o confinamento do reality show da Globo por conta de denúncias por estupro, lesão corporal e importunação ofensiva ao pudor feitas por três ex-namoradas. "Fui pego de surpresa", disse o advogado do brother, Roberto Barreto, ao Notícias da TV.

Leia também: Veja o momento que participantes são avisados que Vanderson foi expulso

Em comunicado publicado no site oficial do reality show, a Globo diz que a delegada Rita Salim esteve nos Estúdios Globo na manhã desta quarta-feira (23) e intimou o biólogo e educador indígena a prestar seu depoimento.

"A delegada Rita Salim, titular da Delegacia de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, esteve na manhã desta quarta-feira (23), nos Estúdios da Globo, e intimou o biólogo e coordenador educacional indígena, Vanderson, de 35 anos, a prestar depoimento em inquérito instaurado após denúncias feitas contra o participante. A saída de um candidato da casa resulta na sua desclassificação do BBB19", diz a nota.

A emissora avisa que Vanderson Brito não será substituído e que a competição seguirá com apenas 15 participantes. O advogado de Vanderson informou que irá se pronunciar sobre o caso no decorrer da tarde. 

Por causa das denúncias de abuso sexual, Vanderson recebeu apenas 3,83% dos votos da preferência do público no superparedão, sendo o segundo menos querido pela audiência. Ele só não deixou a competição na noite de eliminação porque Vinícius Fernandes recebeu 3,73% dos votos.

Vale lembrar que antes mesmo da estreia o Big Brother Brasil eliminou o lutador Fábio Alano por descumprir uma cláusula contratual. Alano também não foi substituído, o que resultou em uma estreia com 17 participantes.

Entenda os relatos contra Vanderson
Foram registrados três boletins de ocorrência. Um dos casos teria acontecido em 2018, com uma ex-namorada. A denunciante informou ter sido agredida fisicamente por Vanderson durante uma discussão enquanto ainda tinha um relacionamento com ele. Depois da agressão, ela terminou o namoro. 

Durante o confinamento no BBB19, Vanderson citou que teve um namoro conturbado no passado e que sua ex passou a persegui-lo depois de não ter lidado bem com o término da relação. "[Ela] Começou a espalhar um monte de coisa de mim, [a dizer] que eu era o maior monstro do universo". 

As outras duas denúncias, também feitas nesta semana, seriam de problemas que aconteceram em 2016, com mulheres com quem Vanderson não tinha um relacionamento anterior. 

No relato de importunação sexual, a suposta vítima contou para as autoridades policiais que ele forçou uma aproximação durante uma festa. "Ficou cercando na balada, passando a mão na cintura, se aproximando, enfim... Foi nesse aspecto", informa a delegada.

O outro caso trata de estupro. A titular da Delegacia da Mulher do Acre não dá mais detalhes, mas cita um exemplo para definir melhor o termo. 

"Estupro não necessariamente é aquele que vem à nossa cabeça, de violência real com pessoa desconhecida. O estupro abrange vários atos libidinosos. A relação pode até começar consensual. Mas, se em determinado momento, o homem começa a fazer algum ato que a mulher não queira, que ela peça pra parar, já configuraria estupro também", explica a delegada. 

Denúncias nas redes sociais
Antes de ser denunciado na Delegacia de Atendimento à Mulher do Acre, Vanderson foi alvo nas redes sociais. Algumas mulheres que o conheciam contaram supostos casos de agressão, assédio e abuso.

Entre as denúncias, a mais contundente é de Maíra Menezes, que se declarou ex do novo confinado. "O rosto do meu ex agressor estava por toda parte, por toda internet. Meu Deus, só eu sei o que eu vivi", desabafou ela. Confira:

Nos comentários feitos na postagem da Maíra, mais acusações. "Pra quem veio defender o Vanderson, fui aluno dele no ensino médio. E ele deu em cima da minha namorada quando ela tinha apenas 16 anos. E ele repetiu isso com todos os amigos. Quando fui revê-lo recentemente para treinar. Infelizmente ele continuava a mesma pessoa. Só que pior", escreveu um internauta.

Com o surgimento das denúncias, amigos do brother partiram em sua defesa, enquanto outros usuários começaram a questionar a veracidade dos relatos. Caso de Yuri Vargas, veja:

A própria Maíra respondeu às críticas por seu Twitter. Alegou que tinha apenas 18 anos na época das agressões e que era apaixonada por Brito e não sabia como reagir. "Não sabia nem o que era feminismo", escreveu.

Tudo sobre

Assédio sexual BBB19

Últimas de BBB19

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook