CASTIGO PESADO

De volta no BBB20, quarto branco foi alvo de investigação por tortura; entenda

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Newton, Leo e Ralf no quarto branco, durante o Big Brother Brasil 9

Newton, Leo e Ralf foram os primeiros a enfrentar o quarto branco do BBB: castigo volta nesta semana

VINÍCIUS ANDRADE - Publicado em 05/03/2020, às 05h23

Para manter a proposta de resgatar cenários, provas e castigos que fizeram sucesso em temporadas passadas, o BBB20 terá o retorno do quarto branco nesta sexta-feira (6). Em 2009, quando foi usado pela primeira vez, o cômodo monocromático foi alvo de uma investigação do Ministério Público Federal do Rio de Janeiro. Na ocasião, o órgão apurou se houve tortura com os três participantes da atividade.

O quarto branco estreou como uma consequência do big fone. Newton Siqueira atendeu o telefone e recebeu a orientação de escolher outros dois confinados para dividir um castigo indefinido. Ele selecionou Ralf Krause e Leonardo Jancu, o Leo. Em 1º de fevereiro de 2009, um sábado, o trio entrou no temido quarto.

Para sair de lá, existiam duas possibilidades: alguém apertar um botão vermelho do pedestal central, o que eliminava automaticamente o participante do programa e livrava os outros dois do castigo; ou todos esperarem que Alexandre Gomes, indicado pelo trio ao paredão, fosse eliminado na terça-feira, 4 de fevereiro.

Após 30 horas no cômodo branco, acolchoado, pequeno, sem janelas, com alimentação controlada e luzes acesas o tempo inteiro, Leo decidiu desistir. Mesmo com os colegas tentando convencê-lo a mudar de ideia, ele não resistiu à pressão, apertou o botão vermelho e saiu da disputa pelo prêmio, que na época era de R$ 1 milhão. "Desculpa Brasil, desculpa meu pai", disse, antes de apertar a sirene.

Confira abaixo o vídeo com o momento da desistência:

Em 6 de fevereiro de 2009, no caderno Ilustrada da Folha de S.Paulo, saiu a notícia: "Ministério Público apura se houve tortura no quarto branco do BBB".

O texto informava que o órgão havia recebido cinco denúncias, de pessoas distintas, entre 3 e 4 de fevereiro, que questionavam a forma de eliminação e apontavam ter ocorrido uma forma de tortura. O castigo aconteceu em uma era em que as redes sociais não eram tão populares, e os celulares não tinham fácil acesso à internet.

"Não cabe nesse momento inicial dizer se foi tortura ou se é um jogo, nós recebemos a denúncia e temos de apurar", explicou o promotor Gianfilippo Pianezzola ao jornal na ocasião. As denúncias foram encaminhadas para a Subprocuradoria Geral do Ministério Público. Porém, após a análise, o processo acabou arquivado em 6 de março de 2009.

O quarto voltou a ser utilizado no próprio BBB9 e, depois, no BBB10. Em 2010, Angélica Morango, Cacau Colucci e Sérgio Franceschini, o Serginho, ficaram 55 horas no cômodo enquanto o público votava para decidir qual dos três receberia uma imunidade e qual iria ao paredão: Morango ficou na berlinda e Serginho foi protegido.

Quarto branco versão 2020

Todos os detalhes sobre a dinâmica, a quantidade de participantes que entram no quarto branco do BBB20, se terá ou não botão vermelho e o impacto da novidade no jogo serão explicados por Tiago Leifert no programa desta quinta-feira (5).

Em fevereiro, J.B.Oliveira, o Boninho, já havia anunciado em suas redes sociais o retorno do temido cômodo. Na ocasião, o chefão do reality show prometeu mudanças no formato e avisou que desta vez os confinados selecionados para o ambiente surpresa passarão por apuros.

"Então. Essa semana me perguntaram sobre o quarto branco. Não foi um, muita gente acha que é uma memória do BBB que marcou. Então conversamos e concordamos. Vamos fazer um quarto branco 2.0! E pra pressionar o teto vai apertar! Em breve! Bora BBB", escreveu o diretor.

Milhares de seguidores reagiram rapidamente à publicação feita no Instagram e no Twitter, incluindo artistas que têm participado ativamente nas redes sociais, como Bruno Gagliasso, Fernanda Pontes e Vivian Amorim.

Entre as diversas perguntas que recebeu, o diretor soltou alguns detalhes. Uma usuária do Instagram, identificada apenas como Helena, questionou Boninho se a versão dessa edição seria positiva ou negativa para os confinados. "Punk", limitou-se a responder o marido de Ana Furtado.

Já no Twitter, o usuário Lucas Veiga comemorou a novidade na temporada, dizendo que os participantes iriam ficar loucos no confinamento, e Boninho respondeu com mais spoilers. "Top, e não vai ser confortável", avisou.

Últimas de BBB20

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook