INVESTIGADO

BBB19 vira caso de polícia com inquérito que apura denúncias contra Vanderson

FOTOS: REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Participante do Big Brother Brasil 19, Vanderson é investigado por agressão, estupro e importunação ofensiva ao pudor - FOTOS: REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Participante do Big Brother Brasil 19, Vanderson é investigado por agressão, estupro e importunação ofensiva ao pudor

VINÍCIUS ANDRADE - Publicado em 18/01/2019, às 17h41

O Big Brother Brasil 19 já virou caso de polícia. A Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Rio Branco, no Acre, registrou três boletins de ocorrência diferentes contra Vanderson Brito nesta semana. "Uma investigação é de violência doméstica com lesão corporal, a outra é de estupro e a terceira de importunação ofensiva ao pudor", diz Juliana de Angelis Carvalho, delegada titular da Deam ao Notícias da TV. Agora, foi instaurado um inquérito para apurar as denúncias. 

Na manhã desta sexta-feira (18), a delegada se reuniu com o advogado contratado pela família de Vanderson. "Houve uma conversa. Esse primeiro contato foi apenas para ele se inteirar do teor das denúncias", conta a autoridade policial.

Leia também: Polícia do Rio intima Vanderson a depor sobre acusações de abuso

Como o caso ainda está em investigação e não foram colhidas provas suficientes para sustentar as denúncias, Juliana de Angelis descarta pedir a prisão preventiva do participante do BBB19. A delegada fez um primeiro contato com a Polícia Civil do Rio de Janeiro para que Vanderson seja ouvido nos próximos dias. 

"A solicitação com a polícia do Rio de Janeiro já está sendo feita. Acredito que, nos próximos dias, eles vão receber os documentos daqui para que realizem a diligência. A questão do contato com a emissora, e se a delegada do Rio de Janeiro vai até a casa, é algo que a polícia de lá ainda vai proceder", informou a delegada. 

Desde que tomou conhecimento dos relatos contra Vanderson, na sexta-feira (11) passada, a emissora mantém seu posicionamento sobre o caso: "A Globo é veementemente contra qualquer tipo de violência, mas cabe às autoridades competentes a apuração de denúncias como a que está sendo feita. Se assim for, a Globo poderá tomar medidas, como já fez em outras edições do programa". 

A delegada do Acre explicou que o inquérito tem 30 dias para ser concluído, e pode ser prorrogado de acordo com a necessidade. Nesse prazo, além da procura por provas e testemunhas, será colhido o depoimento de Vanderson, dentro ou fora do confinamento, já que ele está no superparedão com outros 13 participantes e tem chance de ser eliminado na próxima terça (22). 

Procurada, a família do participante do BBB19 preferiu não se manifestar. 

Durante conversa no BBB19, Vanderson Brito afirmou que teve um relacionamento conturbado

Entenda os relatos contra Vanderson
Foram registrados três boletins de ocorrência. Um dos casos teria acontecido em 2018, com uma ex-namorada. A denunciante informou ter sido agredida fisicamente por Vanderson durante uma discussão enquanto ainda tinha um relacionamento com ele. Depois da agressão, ela terminou o namoro. 

Durante o confinamento no BBB19, Vanderson citou que teve um namoro conturbado no passado e que sua ex passou a persegui-lo depois de não ter lidado bem com o término da relação. "[Ela] Começou a espalhar um monte de coisa de mim, [a dizer] que eu era o maior monstro do universo". 

As outras duas denúncias, também feitas nesta semana, seriam de problemas que aconteceram em 2016, com mulheres com quem Vanderson não tinha um relacionamento anterior. 

No relato de importunação sexual, a suposta vítima contou para as autoridades policiais que ele forçou uma aproximação durante uma festa. "Ficou cercando na balada, passando a mão na cintura, se aproximando, enfim... Foi nesse aspecto", informa a delegada.

O outro caso trata de estupro. A titular da Delegacia da Mulher do Acre não dá mais detalhes, mas cita um exemplo para definir melhor o termo. 

"Estupro não necessariamente é aquele que vem à nossa cabeça, de violência real com pessoa desconhecida. O estupro abrange vários atos libidinosos. A relação pode até começar consensual. Mas, se em determinado momento, o homem começa a fazer algum ato que a mulher não queira, que ela peça pra parar, já configuraria estupro também", explica a delegada. 

Denúncias nas redes sociais
Antes de ser denunciado na Delegacia de Atendimento à Mulher do Acre, Vanderson foi alvo nas redes sociais. Algumas mulheres que o conheciam contaram supostos casos de agressão, assédio e abuso.

Entre as denúncias, a mais contundente é de Maíra Menezes, que se declarou ex do novo confinado. "O rosto do meu ex agressor estava por toda parte, por toda internet. Meu Deus, só eu sei o que eu vivi", desabafou ela. Confira:

Nos comentários feitos na postagem da Maíra, mais acusações. "Pra quem veio defender o Vanderson, fui aluno dele no ensino médio. E ele deu em cima da minha namorada quando ela tinha apenas 16 anos. E ele repetiu isso com todos os amigos. Quando fui revê-lo recentemente para treinar. Infelizmente ele continuava a mesma pessoa. Só que pior", escreveu um internauta.

Com o surgimento das denúncias, amigos do brother partiram em sua defesa, enquanto outros usuários começaram a questionar a veracidade dos relatos. Caso de Yuri Vargas, veja:

A própria Maíra respondeu às críticas por seu Twitter. Alegou que tinha apenas 18 anos na época das agressões e que era apaixonada por Brito e não sabia como reagir. "Não sabia nem o que era feminismo", escreveu.

Últimas de BBB19

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Com quem Paloma deve ficar em Bom Sucesso?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook