Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

GUERRA PELA AUDIÊNCIA

GloboNews lidera ranking da TV paga com cobertura das eleições nos EUA

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Tiago Eltz e Guga Chacra em uma entrada ao vivo na GloboNews

Tiago Eltz e Guga Chacra na apuração das eleições dos EUA; GloboNews se deu melhor na audiência

A GloboNews atingiu a liderança na TV paga com a cobertura da apuração das eleições nos Estados Unidos, que definiram Joe Biden como novo presidente norte-americano. Somente no sábado (7), quando o candidato democrata fez seu primeiro discurso após a confirmação de sua vitória contra Donald Trump, o canal de notícias da Globo registrou uma audiência nove vezes maior que seus concorrentes no segmento.

De acordo com dados obtidos pelo Notícias da TV, no mesmo dia a GloboNews conquistou uma audiência 152% maior na média 24 horas que CNN Brasil, Record News e BandNews juntas. Os relatórios mostram que mais de três milhões de telespectaodres sintonizaram no canal no último fim de semana.

A cobertura da apuração dos votos foi iniciada às 21h da última terça-feira (3), e a GloboNews manteve sua programação ao vivo durante toda a madrugada, com destaque para os comentaristas Tiago Eltz e Guga Chacra, que faziam análises e estimativas em tempo real de acordo com cada atualização dos percentuais oferecida pelas agências internacionais.

O trabalho incessante da dupla, que se dividiu entre os telejornais da TV paga e também da Globo, como o Jornal Nacional e o Jornal da Globo, chegou a virar meme nas redes sociais.

Os bons resultados foram registrados logo no início da transmissão dedicada às eleições norte-americanas. Na quarta-feira (4), o canal assumiu o topo do ranking da TV paga no PNT (Painel Nacional de Televisão), que mede o ibope das 15 principais regiões metropolitanas do país, com uma audiência 122% maior que a CNN Brasil, segunda colocada no segmento.

Nos dois primeiros dias de transmissão, a GloboNews contabilizou mais de quatro milhões de telespectadores não simultâneos ao longo do período.


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?