Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

REPREENDEU A FIRMA

Ana Hikari expõe Mais Você por 'homenagem' a asiáticos: 'Extremamente racista'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Com mechas loiras e blusa verde, atriz asiática Ana Hikari sorri de boca fechada com o rosto apoiado no cotovelo

Ana Hikari no camarim dos Estúdios Globo: atriz criticou 'homenagem' da emissora

LUIZA LEÃO

luiza@noticiasdatv.com

Publicado em 20/7/2021 - 6h15

Primeira protagonista asiática da Globo e voz ativa da visibilidade amarela nas redes sociais, Ana Hikari viu a empresa em que trabalha reproduzir preconceitos contra a minoria da qual faz parte. A gafe não poderia ter sido pior: veio na véspera do aniversário de 113 anos da imigração japonesa no Brasil, em 17 de junho, e ainda disfarçada de homenagem. "Foi extremamente racista", diz a atriz ao Notícias da TV.

No Mais Você temático, a produção promoveu um show de horrores. Um funcionário pintou o rosto e reproduziu o yellowface para homenagear a repórter Juliane Massaoka, descendente de japoneses. Além disso, um homem branco da equipe surgiu fantasiado de samurai e falou de forma estereotipada.

"Pessoas de origem asiática não falam daquela maneira, segundo que a fonética do 'l' nem existe na fonética asiática, japonesa especificamente. Aquilo lá é uma maquiagem que nada tem a ver com samurai. É uma maquiagem do teatro japonês, é uma coisa específica, sabe? Tudo ali tava muito... Foi extremamente racista, então, eu sinto muito que isso tenha acontecido", reforça a artista.

Ana Hikari não gostou do que assistiu e questionou, em sua conta do Twitter, se a produção de Ana Maria Braga havia feito alguma retratação. Mas nada foi feito. E é aí que mora a indignação da artista. 

A intérprete de Tina, de Malhação - Viva a Diferença (2017) e do spin-off As Five (2020), integra um núcleo interno da Globo que debate questões de cunho racial e de gênero. "É isso o que me deixa mais chateada, sabe? De ver que por mais que a empresa dentro já esteja com essa movimentação, ainda tem ponta solta", frisa Ana. 

Relembre aqui o tuíte da artista:

Apesar de lutar pela visibilidade das pessoas amarelas, principalmente nas redes sociais, Ana Hikari não se considera uma ativista por lá.

"Ativismo é uma palavra que é muito forte. Eu me revogar como ativista de rede social talvez seja enfraquecer esse termo, sabe? Porque o ativismo, a militância, ela acontece muito na rua, nas atitudes físicas, em coisas que realmente façam a diferença no dia a dia das pessoas que estão precisando dessas mudanças sociais", justifica.

Sem querer desvalorizar a expressão, Ana Hikari prefere se rotular de maneira mais ampla. "O que eu tento fazer é, através das minhas redes sociais, da minha comunicação, trazer esses debates sociais. Então, eu me diria uma comunicadora social", traduz a Vandinha de Quanto Mais Vida, Melhor.

Assista ao bate-papo de Ana Hikari com o Notícias da TV:


Leia também

Web Stories

+
Vômito, narrador ridículo e ‘xerecada’: Cinco momentos engraçados das OlimpíadasBárbara, Kelvin e Medina: Atletas brasileiros se envolvem em tretas nas OlimpíadasAna ou Manuela? Saiba quem fica com Rodrigo no final de A Vida da GenteComo Rayssa Leal e Douglas Souza: Cinco atletas das Olimpíadas que você deve seguirTraição de Pyong Lee e treta de Nadja Pessoa: Ilha Record promete estreia acalorada

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual a melhor cobertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio?