Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

CONTRATO PROÍBE

A Fazenda 12: Cartolouco quebra regra da Record e grita 'Lula livre' após festa

REPRODUÇÃO/RECORD

De preto, Lucas Cartolouco coloca as mãos na cabeça em conversa em A Fazenda 12

Em A Fazenda 12, Lucas Cartolouco ficou empolgado após uma festa e quebrou regra da Record

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 3/10/2020 - 13h38
Atualizado em 3/10/2020 - 13h43

Empolgado e alterado alcoolicamente após a festa de A Fazenda 12, Lucas Strabko, o Cartolouco, fez uma brincadeira que desrespeita uma cláusula do contrato dos participantes com a Record. A emissora proíbe qualquer tipo de manifestação política dentro do confinamento, sob pena de punição ou até expulsão. No entanto, o ex-Globo gritou "Lula livre" e foi flagrado pela transmissão do PlayPlus.

"O bagulho é coletivo, não vamos ficar putos. Lula livre!", falou Cartolouco em conversa com Lidi Lisboa e Lipe Ribeiro na sala, logo após eles terem voltado da festa que acabou durante a madrugada deste sábado (3).

A manifestação do jornalista causou reação imediata nas redes sociais, com parte dos internautas criticando o repórter e uma outra parcela dos telespectadores surpresa com esse tipo de comentário na Record. "Agora eu me vejo obrigada a gostar de Cartolouco porque ele meteu um Lula Livre na emissora dos bispos", disse o perfil identificado como @vinteepoucas.

"Cartolouco gritou Lula livre na emissora do bispo, já ganhou um ponto comigo", comentou Sandra Camargo. "Além de porco e fedido, segundo os companheiros de programa, ainda é acéfalo", opinou Sônia Volpiani Piveta.

O grito "Lula livre" ficou famoso entre os apoiadores do ex-presidente da República pelo PT (Partido dos Trabalhadores) durante o período de 580 dias em que ele ficou preso na sede da Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba. O político foi solto em novembro de 2019.

A manifestação bem-humorada de Cartolouco quebra uma regra que a Record impõe aos participantes de A Fazenda 12. No contrato assinado pelos 20 peões, ao qual o Notícias da TV teve acesso, existem algumas cláusulas nesse sentido.

"[O participante] Está ciente e concorda que não deverá realizar quaisquer declarações de cunho religioso, político, criminoso, ou que de qualquer forma possa ser interpretado como inadequado ou prejudicial a Record", diz um dos trechos.

"Fica ainda expressamente proibido em razão das obrigações impostas pela legislação eleitoral à Record, qualquer tipo de publicidade, apologia, alusão ou crítica a qualquer candidato ou partido político, incluindo qualquer tipo de comentário, sejam eles de forma positiva ou negativa, a qualquer candidato ou partido político, qualquer tipo de opinião, comentário, gesto, expressão ou insinuação que possa violar a legislação eleitoral", destaca o contrato.

Como Lula não concorre nas Eleições 2020, a manifestação não gera problemas com a legislação, mas pode ser motivo para uma "bronca" da direção no participante. Assista ao vídeo abaixo e leia reações de internautas:


Últimas de A Fazenda 12

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?