Televisão

CAMPEONATO BRASILEIRO

Turner adota bloqueio de praça, e Globo acaba com 'redutores' para clubes

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Felipe Melo e Luiz Felipe Scolari no Palmeiras: Verdão ainda negocia contratos com a Globo - REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Felipe Melo e Luiz Felipe Scolari no Palmeiras: Verdão ainda negocia contratos com a Globo

GABRIEL VAQUER - Publicado em 19/04/2019, às 16h50 - Atualizado às 17h50

A Globo acabou com os chamados "redutores", prática que faria com que clubes que assinaram com a Turner para a TV por assinatura ganhassem menos dinheiro em outras mídias com a emissora. O impasse foi resolvido após a programadora abrir mão de exibir jogos na praça em que eles acontecem --ou seja, um jogo realizado em São Paulo não irá mais ser transmitido para a capital paulista nos canais pagos.

A informação foi confirmada pelo Notícias da TV com diversas fontes. Os times deixariam de ganhar cerca de R$ 6 milhões com as multas aplicadas com a Globo. O Palmeiras apontava essa pratica como um dos motivos para não acertar com a Globo para TV aberta e pay-per-view. 

O impasse foi resolvido após os clubes que assinaram com a Turner e com a Globo até aqui (Athletico-PR, Bahia, Fortaleza, Santos, Internacional e Ceará) terem pedido o bloqueio em reuniões com a programadora, que aceitou.

A Turner têm em contrato a permissão para exibir os jogos na mesma cidade em que eles são realizados, uma prática incomum na Globo, que deixa essas partidas para o Premiere. A alegação da Globo é que, com a exibição na Turner, haveria danos nos direitos. Os clubes isso viram como uma retaliação por terem assinado com uma concorrente, mas para evitar problemas, decidiram negociar.

A Globo aplicaria redutores de até 20% em TV aberta, e 5,2% em pay-per-view. O Palmeiras e o Athletico eram os mais revoltados com a situação, tanto que são os únicos que ainda negociam. O Alviverde não tem nenhum tipo de contrato com o canal, enquanto o Furacão já fechou para TV aberta e ainda conversa para um acordo no pay-per-view.

Como a Turner decidiu adotar o bloqueio de praça para agradar seus parceiros, o redutor da Globo deixa de ter efeito prático e os valores serão pagos integralmente. Neste ano, se inicia um novo esquema de distribuição de dinheiro: serão 40% fixos divididos igualitariamente entre os times, 30% pelo término de posição na classificação do Brasileirão, e 30% pelo número de partidas exibidas na TV.

Globo sem Palmeiras

É o segundo ponto que a Globo muda em favor de um acordo com os clubes. Nessa semana, como o Notícias da TV adiantou, a emissora aceitou pagar R$ 100 milhões em luvas para o Palmeiras, mesmo valor dado pela Turner na assinatura do contrato.

Para o Verdão, ainda faltam acertar alguns pontos. O primeiro é uma garantia mínima de jogos na TV aberta. O segundo é uma porcentagem fixa pelos direitos de pay-per-view. Corinthians e Flamengo têm garantidos 18,5% do que for arrecadado com assinaturas, enquanto o Palmeiras quer algo entre 15% e 16%.

O Brasileirão 2019 começa no próximo dia 27. Será a primeira vez em mais de 20 anos que a Globo não terá os direitos primários de transmissão sozinha --até 2015, ela repassava jogos para parceiros, como a Band.

Neste ano, 13 clubes que fecharam com a Globo, e outros sete que estão com a Turner, irão jogar o Campeonato Brasileiro. A Turner exibirá as suas partidas na TNT e no Space, assim como faz com a Champions League.

Procurada para comentar o assunto, a Turner não enviou uma posição até a conclusão deste texto. Já a Globo não respondeu os contatos da reportagem.

Compartilhe: Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Compartilhe no Twitter Compartilhe no Twitter

Curta no Facebook Curta no Facebook
Siga no Twitter Siga no Twitter

Leia também

Péricles Bassols em ação no Campeonato Brasileiro: árbitro foi contratado pela Turner - DIVULGAÇÃO/CBF

NA TNT

Turner contrata árbitro e escala Harry Potter para bombar o Brasileirão

A ex-atriz mirim Debby Lagranha na época da Turma do Didi e em foto atual: agora em reality da Record - Fotos: Reprodução/Instagram

ESTREIA DIA 30

Ex-atriz mirim da Turma do Didi, Debby fará Power Couple; veja todo o elenco

Julio Andrade interpreta o médico Evandro em Sob Pressão, da Globo; série estreia última temporada dia 2 - Raquel Cunha/TV Globo

ISSO GLOBO NÃO MOSTRA

Médico herói em Sob Pressão, Julio Andrade passa mal ao ver sangue

Dandara Mariana interpreta a dançarina de lambada Dandara e faz sucesso com o rebolado em Verão 90 - Divulgação/TV Globo

Dandara Mariana

Dançarina de lambada de Verão 90 largou arquitetura para ser atriz

+ Lidas

1

Após resistir à pressão política, Record afasta Paulo Henrique Amorim da TV

2

Salário de R$ 60 mil na carteira: Por que Ivan Moré não assinou com a Record?

3

A Dona do Pedaço: Casamento de Maria e Régis vira show de horror

4

A Dona do Pedaço: Josiane leva rasteira da mãe e enlouquece

5

Dono da Havan parabeniza Silvio Santos após demissões no SBT

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

ENQUETE

Enquete

Qual é seu casal favorito no Power Couple?

Últimas notícias

Brasileiros estão abrindo mão da TV paga: no último mês, mais de 245 mil clientes cancelaram serviço - Divulgação
A assistente de palco Dany Bananinha, do Caldeirão do Huck, passeia na praia no Rio de Janeiro - Reprodução/Instagram
Elias (Iano Salomão) no capítulo de segunda (24) de Jezabel: desafio do profeta turbinou ibope da novela - REPRODUÇÃO/RECORD
Fernanda Lima e Rodrigo Hilbert em ensaio fotográfico na cama; apresentadora completou 42 anos - REPRODUÇÃO/INSTAGRAM