Novela das nove

O Outro Lado do Paraíso: Sem fortuna, Renato é demitido e infernizado

Raquel Cunha/TV Globo

Renato (Rafael Cardoso) vai quebrar a cara ao tentar se vingar de ex-noiva na novela das nove - Raquel Cunha/TV Globo

Renato (Rafael Cardoso) vai quebrar a cara ao tentar se vingar de ex-noiva na novela das nove

MÁRCIA PEREIRA - Publicado em 21/03/2018, às 05h00

Renato (Rafael Cardoso) quebrará a cara em O Outro Lado do Paraíso. Depois de se casar com Fabiana (Fernanda Rodrigues), o médico enfrentará um chilique atrás do outro da loira. Ele verá seu plano de ficar milionário ser arruinado no tribunal, e a fortuna de Clara (Bianca Bin) voltará para as mãos da vingativa. Depois, o golpista perderá o emprego por autorizar a alta médica de Beth (Gloria Pires), mesmo com o risco de a paciente morrer. 

A fase do vilão se dando mal já começa na próxima semana. Fabiana não lhe dará sossego. Reclamará do calor em Palmas e de morar no antigo apartamento de Lorena (Sandra Corveloni), lugar que ela chamará de muquifo. Ela fará cara de nojo ao precisar jantar pizza e esculachará o marido por dar plantão no hospital.

Mesmo falida, a neta de Beatriz (Nathalia Timberg) o infernizará para viver como rica. Além de suportar a histeria da loira, ele não conseguirá falsificar o exame de DNA de Aura (Tainá Müller) e se queimará no hospital. Até Sophia (Marieta Severo) vai brigar com o médico. A megerá o chamará de incompetente.

A situação de Renato ficará ainda pior na terceira semana de abril. Ele verá o golpe de se apossar da herança de Clara juntamente com Fabiana ir pelo ralo. Patrick (Thiago Fragoso) virará o jogo no tribunal, inocentará a amada da acusação de roubo e provará que Beatriz estava lúcida quando doou as telas supervaliosas à amiga. 

Fabiana vai espumar de ódio e tornará a vida do marido um inferno ainda maior. Ao ver Clara sofrer por conta da saúde de Beth, que terá doado um rim para Adriana (Julia Dalavia), o mau-caráter nem vai pestanejar ao fazer previsões de morte para a ex-dona do bordel. 

Raiva e descaso
Desesperada, a mocinha pedirá para levar a mãe para sua casa, e ele vai autorizar a alta da paciente mesmo em estado grave. "Chamei o doutor Aguiar. Ele era o responsável pelo caso da Elizabeth. Mãe da Clara, cujo nome me dá arrepios e pavor", comentará Samuel (Eriberto Leão), assim que tomar conhecimento do caso.

"Me lembro quando sua mulher gritou no corredor que tinha um marido gay. Instigada pela Clara", alfinetará Renato. "Esqueça esse momento tenebroso. Vamos falar do caso da Elizabeth. Como diretor do hospital, estou surpreso por ela ter tido alta no pós-operatório", falará o pisquiatra.

"Eu jamais daria alta nesse caso. O doutor Renato, usando a autoridade de subdiretor, assinou a alta", dirá Aguiar (o nome do ator não foi divulgado). "Posso saber o motivo?", perguntará Samuel. "A Clara me pediu, insistiu. Nós não costumamos manter pacientes aqui muito tempo", responderá o vilão.

Sem emprego
Samuel questionará o subordinado se a paciente corria ou não risco de morte. "Espero que tenha feito uma boa avaliação da Elizabeth", comentará o diretor. "Nem fui olhar. Eu quero que a Clara se dane. E a mãe dela também", afirmará Renato.

O filho de Adnéia (Ana Lucia Torre) ficará uma fera. "Eu quero que você se dane, doutor Renato. Seu trabalho anda péssimo de uns tempos para cá, tira licenças, falta. Eu estava disposto a esperar essa fase passar. Mas não. Agora dá alta para uma paciente em risco. Está demitido", esbravejará Samuel. 

Renato ainda cantará de galo. "Não aceito a demissão. Sou subdiretor do hospital", retrucará. "E eu sou diretor. Demito quem eu quero", afirmará o psiquiatra na cena prevista para 20 de abril em O Outro Lado do Paraíso.

 

 

Últimas de O Outro Lado do Paraíso

Enquete

Com quem Clara deve terminar em O Outro Lado do Paraíso?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook