SEM LUTO

'Filhos' de A Força do Querer: Pesquisador de Gloria Perez lança livros após novela

Reprodução/TV Globo

A lutadora Erica Paes treinou Paolla Oliveira para as cenas de MMA de A Força do Querer - Reprodução/TV Globo

A lutadora Erica Paes treinou Paolla Oliveira para as cenas de MMA de A Força do Querer

MÁRCIA PEREIRA - Publicado em 21/10/2017, às 06h42

A Força do Querer gerou dois "filhos". Fábio Fabrício Fabretti, pesquisador de Gloria Perez e responsável por levar muita inspiração à novelista, escreverá um livro sobre o trabalho de defesa pessoal desenvolvido pela lutadora Erica Paes, a parceira de Jeiza (Paolla Oliveira) nas cenas de MMA. Nos bastidores, ele também fechou com a transexual Jane Di Castro a elaboração de sua biografia.

As duas obras começarão a ser produzidas paralelamente agora, após o fim da  novela de Gloria Perez. Professor de literatura e escritor, Fabretti estreou como pesquisador de telenovela em A Força do Querer.

Ele conta que suas primeiras reuniões com a autora sobre os temas abordados na trama aconteceram em 2014. Gloria gostou tanto dos personagens reais que ele encontrou para ela construir os da da trama que os levou para participar da novela. Foi o caso do transgênero Tarso Brant (Te) e da lutadora Erica Paes.

Gloria Perez e Fabretti assistiram ao último capítulo da trama em uma festa com o elenco (Arquivo Pessoal)

Gloria é uma das poucas novelistas que não trabalha com colaboradores para escrever. "Dá trabalho e esgota, mas me dá prazer. Continuo sozinha porque seria aterrorizante ter cinco ou mais pessoas e ficar conversando e verificando o que elas fizeram", disse a autora ao Notícias da TV no lançamento de A Força do Querer, em março deste ano.

A novelista contou apenas com dois pesquisadores para construir toda a história de sucesso que levantou o horário nobre nos últimos meses.

Além de Fabretti, tem a pesquisadora Sandra Regina, que trabalha com a novelista desde a época da extinta TV Manchete.

A experiência para o pesquisador, que tem oito livros lançados, foi muito rica. "Ela me deu muita abertura para opiniar. Eu vi até os testes dos atores que fariam Ivana/Ivan. Ela sabe ouvir. Quando os cosplayers criticaram Yuri (Drico Alves), Gloria pediu para a direção passar a usar somente cosplayers de verdade, em vez de figurantes", comenta Fabretti.

O pesquisador conheceu a autora no lançamento da biografia que ele escreveu juntamente com Lucas Nobre sobre Neusinha Brizola. Entre suas obras, estão biografias da cantora Gretchen, da atriz Gloria Pires e de Jussara Calmon.


Confira quatro reportagens especiais sobre A Força do Querer:

De sapato voador a nudez pública: relembre sete barracos marcantes

"Queria que Bibi pagasse pelo que fez", diz Juliana Paes sobre sua personagem

Globo fatura com fim de disfarce de travesti; saiba como

Sucesso como amiga de Bibi, atriz desistiu da carreira no Brasil para viver no México

 

 

Últimas de A Força do Querer

Enquete

O que você está achando de Segundo Sol?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook