O Tempo Não Para

Procurador e contador em 1886, o braço direito de dom Sabino no século 19 é um homem metódico. Ele desperta no século 21 com amnésia e sem saber lidar com o assédio de suas duas pretendentes: Coronela e Januza.

Teófilo não foi resgatado do mar como o restante dos congelados. Assim como Marocas, ele foi parar na Ilha Vermelha e não recebe um tratamento após o descongelamento. Sem memória, toda a disciplina que tinha desaparece.

Ele não lembra do passado para comparar com a sua antiga vida com a que passa a ter nos dias de hoje. Teófilo se mostra um homem formal e é justamente isso que desperta o interesse das mulheres do século 21. 

Outros personagens

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook