Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

PÉ QUEBRADO

William Bonner vai trabalhar de cadeira de rodas e fica malvisto na Globo

Reprodução/TV Globo

O apresentador William Bonner durante edição do Jornal Nacional da última terça (19) - Reprodução/TV Globo

O apresentador William Bonner durante edição do Jornal Nacional da última terça (19)

DANIEL CASTRO

Publicado em 21/9/2017 - 6h11

William Bonner está sendo malvisto nos bastidores da Globo. Desde o último dia 11, ele tem apresentado o Jornal Nacional com o pé direito quebrado. Para jornalistas da emissora, o apresentador está passando a mensagem de que todos devem se sacrificar pelo trabalho: se ele, um profissional consagrado, pode trabalhar com uma perna imobilizada, por que pessoas que almejam promoções não podem?

Bonner quebrou o pé no dia 5, quando corria na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, e pisou em um buraco. A fratura foi grave. "Ao torcer o pé, correndo, o tendão se esticou a ponto de arrancar um pedaço do osso. Foi fratura por avulsão, contou o âncora do JN no Twitter.

O jornalista também anunciou que terá de usar bota ortopédica e muletas durante oito semanas. Na Globo, no entanto, ele tem se deslocado com uma cadeira de rodas e com o auxílio de bombeiros civis.

Os comentários predominantes no departamento de jornalismo da Globo são de que Bonner não precisava voltar ao trabalho tão rapidamente, menos de uma semana após o acidente. Ele poderia ficar afastado duas semanas, que é o padrão de duração das férias dos apresentadores da emissora.

Imagem do pé direito de William Bonner publicada pelo jonralista no Twitter no último dia 5 (Reprodução)

Mas o apresentador e editor-chefe do Jornal Nacional, segundo fontes na Globo, não quis ficar fora do ar em um momento tão delicado da política nacional, em que quase todo dia o presidente da República é alvo de denúncias de corrupção.

A Globo, via sua área de Comunicação, afirmou apenas que Bonner voltou ao trabalho com liberação médica.

Bonner, 53 anos, é apresentador do JN desde abril de 1996. Ele se formou em Publicidade e Propaganda pela Escola de Comunicação e Artes da USP (Universidade de São Paulo), onde começou a trabalhar como locutor de rádio.

Na televisão, sua estreia ocorreu em 1985, na Band, como locutor e apresentador. Em junho de 1986, foi para a Globo de São Paulo, onde começou como apresentador do telejornal local. Dois anos depois, assumiu a bancada do Fantástico.

Neste ano, o ex-marido de Fátima Bernardes teve que se afastar do Jornal Nacional, durante dez dias, em maio, para tratar de uma gripe.

Leia também

Web Stories

+
A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do realityQuem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de Pantanal

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?