Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

JORNAL DA CULTURA

Web acusa Vera Magalhães de xenofobia por desdém com hospitais do Nordeste

Reprodução/TV Cultura

Vera Magalhães de blusa preta na bancada do Jornal da Cultura

Vera Magalhães foi criticada após desdenhar dos hospitais "de lá do meio do Nordeste"

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 19/3/2021 - 11h58
Atualizado em 22/3/2021 - 11h02

A jornalista Vera Magalhães foi acusada de xenofobia pelos internautas que acompanhavam o Jornal da Cultura na noite da última quinta-feira (18). Na edição do programa, ela pareceu desdenhar dos hospitais do Nordeste em uma fala vista por tuiteiros como preconceituosa.

A comentarista falava sobre a alta dos preços dos remédios em tempos de pandemia quando comparou a qualidade de um hospital particular de São Paulo, "de elite", ao sistema de saúde do Nordeste do país.

Vera se mostrou indignada por saber que os médicos estão intubando pacientes em estado grave sem sedação e fora da UTI, pois não há medicamentos nem leitos disponíveis.

"Conversei com um médico do Sírio-Libanês, não de um hospital lá do meio do Nordeste, um hospital público, mas um hospital de elite da capital do principal Estado do Brasil. Ele me falou: 'Vera, nós estamos intubando pacientes no leito, no quarto'. Isso é barbárie, é colapso no principal hospital particular da cidade de São Paulo", disparou.

Não demorou muito para que os seguidores começassem a acusá-la de menosprezar a qualidade dos hospitais de outra região do país. Procurada pela reportagem, a assessoria da TV Cultura não se pronunciou sobre o comentário da jornalista até a conclusão deste texto.

Assista à fala controversa de Vera Magalhães, a partir dos 40 minutos 26 segundos do vídeo abaixo, e confira a repercussão no Twitter:

Direito de resposta

Vera Magalhães usou seu perfil no Twitter para se manifestar a respeito das acusações. Ela publicou o vídeo no momento em que dá a declaração polêmica e se explicou.

"Íntegra da minha fala e do debate ontem no Jornal da Cultura sobre a gravidade do colapso de saúde no Brasil. O que digo nesta fala é que o caos não está mais restrito às regiões pobres do país e à rede pública. Ele chegou aos hospitais de elite de São Paulo".

"Logo cedo me avisaram que havia recortes do vídeo circulando apontando preconceito contra o Nordeste nesta fala. Constatação de dados socioeconômicos e da realidade é preconceito a um povo onde? Decidi que não iria polemizar sobre o nada. Mas a coisa escalou", completou.

Ao ser questionada sobre ter dificuldade em pedir desculpas por ter supostamente cometido xenofobia, a jornalista rebateu: "De forma alguma. Faz parte da profissão de jornalista errar, como de todas. Mas neste caso não há erro, meu caro, o sentido da fala é o de alerta para o grau do colapso, e constatar uma realidade socioeconômica conhecida não embute nenhum juízo de valor".

Veja abaixo:


Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novelaOutubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na política

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas