Reality musical

Truque contra o coronavírus: Competidores do American Idol vão cantar ao vivo e de casa

Divulgação/NBC

Lionel Richie, Katy Perry e Luke Bryan na 18ª temporada de American Idol

Lionel Richie, Katy Perry e Luke Bryan na 18ª temporada de American Idol; competição continua ao vivo e de casa

JOÃO DA PAZ - Publicado em 15/04/2020, às 13h13

American Idol vai continuar no ar mesmo na quarentena, período no qual todas as produções de entretenimento foram suspensas nos Estados Unidos. Sem poder reunir equipe nos locais de gravação, o reality musical terá um truque contra o coronavírus (Covid-19). Os competidores farão os programas de casa, bem na época das disputas ao vivo.

A rede ABC vai fazer esse teste no dia 26 de abril. Até então, todo o conteúdo gravado anteriormente foi ao ar como previsto, até o domingo retrasado (5). Para a Páscoa e o próximo domingo (19), foram reservadas cenas especiais dos bastidores e melhores momentos da atual temporada, que é a 18ª do reality.

Mais detalhes sobre como esse esquema ambicioso vai se concretizar não foram revelados. Mas a engenharia será grande. American Idol está na fase que iria ao ar ao vivo no estúdio, com os 20 participantes restantes buscando avançar na competição. Agora, cada um deles terá de mostrar seu talento de casa mesmo.

Os jurados Luke Bryan, Katy Perry e Lionel Richie, assim como o apresentador Ryan Seacrest, também estarão cada um no seu respectivo lar.

No atual cenário da pandemia, vale tudo para o show continuar. American Idol segue a linha iniciada pelos talk shows, como os comandados por Stephen Colbert (CBS), Jimmy Kimmel (ABC) e Jimmy Fallon (NBC), feitos de casa, entrevistando convidados usando a internet. No último sábado, o humorístico Saturday Night Live (NBC) adotou a mesma medida, fazendo o programa de esquetes remotamente.

Até produções roteirizadas vão se arriscar nessa empreitada. O drama sobre advogados All Rise (da CBS, inédito no Brasil) terá um capítulo sobre a pandemia feito dentro da casa dos atores.

Atualmente, os trabalhos em Hollywood estão longe de voltar à realidade. Até esta quarta-feira (15), os Estados Unidos são o país com mais casos confirmados (609 mil) e mortes (26 mil) da Covid-19, segundo dados da Universidade John Hopkins. Esses números tendem a crescer e o retorno à vida normal deve demorar mais algumas semanas.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook