GUILHERME UZEDA

'Tia' desabafa sobre sua saída do Mulheres: 'Infelizmente não dava mais'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Guilherme Uzeda durante participação no programa Revista da Cidade, da TV Gazeta; ator pediu demissão - REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Guilherme Uzeda durante participação no programa Revista da Cidade, da TV Gazeta; ator pediu demissão

REDAÇÃO - Publicado em 30/01/2019, às 18h51

O ator Guilherme Uzeda, intérprete da personagem Tia, falou sobre sua saída do programa Mulheres, da TV Gazeta, em uma transmissão ao vivo no Instagram, realizada na tarde desta quarta-feira (30). A seus seguidores, ele fez um rápido desabafo e se lamentou por ter saído da emissora. "Infelizmente não dava mais", disse o humorista.

"Sou muito grata à TV Gazeta por estes três anos. O que me deixa muito triste é não estar todos os dias com vocês, mas infelizmente não dava mais", disse Uzeda, que estava fantasiado como a sua personagem.

Ele contou aos seus seguidores que segue contratado da Gazeta até o fim de fevereiro, quando se encerra o período de aviso prévio. E deu uma leve indireta para a apresentadora Regina Volpato.

"Estou fazendo minha live não é para falar daquela senhora e nem daquele senhor. Nesses tempos, mais notícias surgirão. Se eu tiver que me manifestar, eu me manifestarei", avisou. A "senhora" que ele cita é Regina Volpato. Já o "senhor" é o diretor do programa, Ocimar de Castro.

Guilherme Uzeda pediu demissão da Gazeta em 24 de janeiro, após passar duas semanas no programa Revista da Cidade, alegando "divergências artísticas". Nas redes sociais, os fãs do ator apontaram uma possível rivalidade entre ele e Volpato.

Na segunda-feira (28), a apresentadora se manifestou ao vivo no Mulheres e disse que respeita e admira a personagem Tia, mas que não comentaria as motivações pessoais que levaram o ator a pedir desligamento da emissora.

"São traços da minha personalidade a prudência e a calma. Na minha opinião, é uma questão de respeito não discutir, não julgar as decisões alheias. Por isso, não comento as movimentações artísticas de onde trabalho, agora a Gazeta, e também não julgo as decisões motivadas por foro íntimo, como foi a decisão da Tia em não voltar. Sou assim não só no programa, mas na vida, porque o tempo se encarrega de tudo revelar e tudo acomodar", disse.

"A Tia, como todos e todas que passaram por aqui, são alvo do meu respeito e da minha admiração. Tudo que é feito com amor tem força suficiente para vencer qualquer barreira. Amor e respeito são os ingredientes essenciais para toda receita de sucesso e para todas as pessoas alcançarem o que desejam, inclusive sucesso, paz e reconhecimento", completou a apresentadora.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você gostou da escolha de Maju Coutinho para o Jornal Hoje?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook