Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

na mira da concorrência

'Tenho ofertas de outras emissoras', diz Leo Dias após suspensão no SBT

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Leo Dias foi suspenso do SBT após publicar montagem em que Mara é representada por um demônio - REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Leo Dias foi suspenso do SBT após publicar montagem em que Mara é representada por um demônio

GABRIEL PERLINE

Publicado em 16/6/2018 - 6h06

Leo Dias está na mira de outras emissoras da TV aberta. A informação foi confirmada pelo jornalista ao Notícias da TV após ele ter sido proibido pela direção do SBT de participar do programa Fofocalizando na sexta-feira (15) por ter publicado em suas redes sociais, por engano, uma imagem de Mara Maravilha representada pelo emoji de um demônio.

"Tenho ofertas de outras emissoras", afirma, sem citar quais. "Todo mundo fica me convencendo de que o SBT é a melhor casa do mundo, e de fato é um bom lugar. Mas todo mundo sabe que o clima no Fofocalizando não é bom entre os apresentadores. Ainda bem que eu fico no Rio, e não em São Paulo", comenta.

A reportagem apurou que existe um projeto de reformulação, ainda em estágio embrionário, de um programa de fofocas de uma emissora concorrente ao SBT, e que Leo Dias é o nome que mais interessa aos líderes desse projeto.

O jornalista ficou bastante chateado com a suspensão do SBT e diz que sempre tenta agir de maneira profissional com os colegas, mesmo sabendo que ele não é bem quisto por todos.

"Eu procuro tratar todos ali igualmente, por mais que saiba que muitos ali não gostam de mim e por mais que eu saiba que tenha gente ali que tenha tentado me derrubar. Mas a corda sempre arrebenta para o lado mais fraco", desabafa.

REPRODUÇÃO

Imagem publicada por Leo Dias, por engano, que lhe rendeu uma suspensão no Fofocalizando

Casa de papel
A ausência de Leo Dias do Fofocalizando na edição de ontem foi motivada pela montagem acima, uma charge da série La Casa de Papel, da Netflix, em que Mara Maravilha aparece representada pelo emoji de um demônio.

O SBT considerou a imagem desrespeitosa e, por essa razão, o proibiu de aparecer no último programa. Mas ele estará de volta na edição de segunda-feira (18).

"A Mara foi chorar para a direção e eu fui suspenso. Ela tem muito mais poder do que eu no SBT. Ela é plena, poderosa, consegue fazer aquele programa de cabeça para baixo sozinha e não depende de mim para absolutamente nada. Eu só cumpro ordens ali dentro", desabafa.

"A Lívia Andrade sempre detona a Mara nas redes sociais e nunca acontece nada com ela. Por que comigo a postura é diferente?", questiona. "Eu me entrego demais para este programa. A partir de hoje, a minha relação com a direção vai mudar", desabafa Dias.

A reportagem falou com Mara Maravilha, que atendeu à ligação com a voz embargada e não escondeu sua chateação com os colegas de programa. Ela diz que se sente perseguida dentro do SBT e que algumas pessoas torcem contra seu sucesso profissional.

"Eu preciso tanto do meu emprego, preciso tanto do meu dinheiro. Estou muito triste com tudo isso. Eu sou forte, mas eu sou um ser humano. A verdade vem sempre à tona. Só quero trabalhar e fazer o meu melhor possível. O importante de tudo é saber de onde vem a semente do mal. Estou cansada de [ouvir] 'Tudo é a Mara'. Não é por aí. Amo o Leo Dias e isso não abala o meu sentimento por ele", diz a apresentadora.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?