FOFOCALIZANDO

Leo Dias é suspenso do SBT após publicar foto de Mara Maravilha como demônio

REPRODUÇÃO/SBT

Imagem publicada por Leo Dias nas redes sociais que resultou em sua suspensão no Fofocalizando - REPRODUÇÃO/SBT

Imagem publicada por Leo Dias nas redes sociais que resultou em sua suspensão no Fofocalizando

GABRIEL PERLINE - Publicado em 15/06/2018, às 13h45

Leo Dias foi proibido de participar do programa Fofocalizando, do SBT, nesta sexta-feira (15). O jornalista foi suspenso após publicar nas redes sociais, por engano, uma imagem de La Casa de Papel, sucesso da Netflix, na qual os personagens da série tiveram os rostos substituídos pelos apresentadores do programa de fofocas. O problema é que a única não contemplada na montagem foi Mara Maravilha, representada com o emoji de um demônio.

"Acordei com uma mensagem da direção do SBT dizendo que eu não poderia entrar no ar hoje no Fofocalizando", disse Leo Dias ao Notícias da TV. "Foi por causa de uma brincadeira, uma imagem que a Lívia Andrade me enviou. Eu estava sem lente de contato, tenho 10 graus de miopia, e não vi tudo claramente. Não fiz de propósito, juro por Deus e pela minha mãe."

O jornalista conta que a casa achou a imagem desrespeitosa, e por essa razão optou por proibir sua participação no programa de hoje. Procurado, o SBT disse que não irá se pronunciar sobre o caso, mas confirma que ele estará de volta ao programa na segunda-feira (18).

"A Mara foi chorar para a direção e eu fui suspenso. Ela tem muito mais poder do que eu no SBT. Ela é plena, poderosa, consegue fazer aquele programa de cabeça para baixo sozinha e não depende de mim para absolutamente nada. Eu só cumpro ordens ali dentro", desabafa.

A suspensão chateou o jornalista, que a considerou injusta. Ele diz que chorou bastante após receber a notificação e contesta a decisão da casa.

"A Lívia Andrade sempre detona a Mara nas redes sociais e nunca acontece nada com ela. Por que comigo a postura é diferente?", questiona. "Eu me entrego demais para este programa. A partir de hoje, a minha relação com a direção vai mudar", desabafa Dias.

A reportagem falou com Mara Maravilha, que atendeu à ligação com a voz embargada e não escondeu sua chateação com os colegas de programa. Ela diz que se sente perseguida dentro do SBT e que algumas pessoas torcem contra seu sucesso profissional.

"Eu preciso tanto do meu emprego, preciso tanto do meu dinheiro. Estou muito triste com tudo isso. Eu sou forte, mas eu sou um ser humano. A verdade vem sempre à tona. Só quero trabalhar e fazer o meu melhor possível. O importante de tudo é saber de onde vem a semente do mal. Estou cansada de [ouvir] 'Tudo é a Mara'. Não é por aí. Amo o Leo Dias e isso não abala o meu sentimento por ele", diz a apresentadora.

Sem Leo Dias, a audiência não sofreu impacto e aedição desta sexta fechou com 6,2 pontos de acordo com os dados preliminares do Ibope na Grande São Paulo. Nas últimas quatro sextas-feiras, a média é de 6,1 pontos.

Na edição de hoje, o Fofocalizando reduziu o espaço para as notícias do mundo das celebridades e dedicou boa parte de seu horário para falar do caso de Vitória Gabrielly, a modelo mirim de 12 anos que desapareceu em Araçariguama (SP).

Leia também

 

 

Enquete

O que você achou do vaivém de Datena na Band?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook