No Lady Night

Tatá Werneck cai no choro ao falar sobre maternidade na TV: 'Morro de medo'

Reprodução/Multishow

Tatá Werneck se emociona e chora bastante ao falar sobre maternidade no Lady Night, do Multishow - Reprodução/Multishow

Tatá Werneck se emociona e chora bastante ao falar sobre maternidade no Lady Night, do Multishow

REDAÇÃO - Publicado em 12/07/2019, às 17h30

O programa de Tatá Werneck no Multishow supostamente é um humorístico, mas quando o papo é sobre maternidade com a convidada Taís Araujo, as duas se debulham em lágrimas. O encontro acontece no episódio de terça (16) do Lady Night, e Tatá abre o coração ao falar de sua gravidez, de dificuldades e sentimentos como mãe. 

A conversa de Taís e Tatá se torna, em muitos momentos do programa, uma troca de confidências entre mães. A apresentadora pergunta que sintomas a atriz teve em suas duas gestações. 

Taís conta que, na gravidez de sua filha, ficou emocionalmente abalada e chegou a ter oito crises de choro em um dia. Já Tatá diz que tem prisão de ventre, gases e hemorroidas. 

Em seguida, as falas engraçadas dão lugar a histórias dramáticas. Taís relata que fez questão de voltar ao trabalho logo após o nascimento de seu filho e chorou no estúdio por estar trabalhando no dia do aniversário de um ano dele. "Por que eu não pedi esse dia de folga? Porque a gente não pede, a gente vai atropelando... Me arrependi pra caramba de não ter passado aquele dia com ele", diz.

A atriz também relembra que teve muita dificuldade para amamentar sua filha e chegou a ficar deprimida por isso. "Todo mundo falava pra eu descansar, deixar ela dormir. Só que não entendiam que a amamentação pra mim era fundamental. Eu me sentia tão culpada, por algo que eu não tinha culpa", diz Taís, chorando muito.

Tatá, também aos prantos, interrompe a atriz nesse momento. "Eu me sinto muito culpada também. A gente não sabe como agir, vai sempre errar de alguma maneira. Eu por exemplo tô gravando, tô passando mal. Saio daqui [do estúdio] e vou fazer ultrassom, porque tenho medo de ter feito demais", confessa.

"Me falaram: 'Por que você não abre mão de trabalhar?'. Eu não quero abrir mão de trabalhar, ao mesmo tempo não quero perder nada da minha filha. Morro de medo de que tipo de mãe eu vou ser. Se eu vou ser uma boa o suficiente, se eu vou conseguir não gerar traumas na minha filha, sabe? Eu só quero facilitar", desabafa Tatá.

Taís chora junto e consola a amiga, dizendo que elas vão errar mesmo e que não se entende como mulher se não estiver trabalhando. Tatá concorda e compartilha um conselho que recebeu de sua mãe, Claudia.

"Ela disse: 'Filha, eu quero que você faça o que você gosta'. Então, quando a minha filha me assistir, ela vai ver que mamãe está fazendo o que gosta. E é isso, sejamos as mães que conseguirmos ser", conclui Tatá, com a voz embargada. 

Depois de tanto choro, as duas se recompõem, e a apresentadora pergunta: "Taís, você está me achando estranha? Eu estou tão errada já, estou com medo de me interditarem no parto", brincará ela.

Além de Taís, o Lady Night receberá nesta quarta temporada convidados como Fátima Bernardes, Ana Maria Braga, Chay Suede e Larissa Manoela.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Que jornalista está fazendo o melhor trabalho durante a pandemia?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook