Fim de contrato

Sem programa na Globo, Otaviano Costa deixa emissora após dez anos

Reprodução/Globo

Otaviano Costa durante episódio de seu último programa na Globo, Ta Brincando - Reprodução/Globo

Otaviano Costa durante episódio de seu último programa na Globo, Ta Brincando

REDAÇÃO - Publicado em 24/04/2019, às 16h17

Otaviano Costa não faz mais parte do quadro de apresentadores da Globo. Após seu último programa, Tá Brincando, ter sido cancelado ao final da primeira temporada, ele não tinha outras perspectivas de trabalho na emissora. O contrato de Costa se encerrará no fim de maio e não será renovado. Segundo nota oficial da Globo, foi o apresentador que procurou a direção da emissora, e a decisão foi de comum acordo.

O Notícias da TV apurou que a Globo ofereceu um salário menor ao apresentador de 45 anos, já que não havia previsão de ele voltar ao ar. Costa não aceitou, mas deixou as portas abertas para futuros projetos. Ele era contratado desde 2009.

"Com o encerramento da primeira temporada do Tá Brincando, o apresentador Otaviano Costa procurou a Globo, e propôs não renovar seu contrato, que termina no fim de maio, já que neste momento não há previsão de data para a segunda temporada do programa", diz o comunicado.

"Após 10 anos de uma trajetória conjunta de sucesso, carinho e respeito, a decisão foi tomada em comum acordo com a emissora e está em sintonia com as transformações e as novas dinâmicas de parceria da Globo e do mercado. A Globo continua de portas abertas para discutir projetos com o apresentador, a qualquer momento e para qualquer plataforma das empresas Globo".

Apesar do fim do vínculo com a emissora, Costa continua como apresentador da Rádio Globo no Rio de Janeiro. De segunda a sexta ele comanda o programa No Ar, com notícias do dia e informações sobre cultura pop, das 8h às 11h30.

Costa tem quase 30 anos de carreira na TV (ele começou como apresentador em 1990, com o Clipes Animados, da MTV) e estreou na Globo na novela Caras & Bocas (2009). Como ator, também fez Morde & Assopra (2011), Salve Jorge (2012) e Escolinha do Professor Raimundo.

Ele começou a ter mais destaque na emissora quando participou da bancada do Amor & Sexo, entre 2012 e 2016. Chegou a fazer striptease e ficar só de cueca no palco. Ele acredita que foi esse lado "espontâneo" que o levou a apresentar o Vídeo Show, de 2013 a 2018. Costa diz que o extinto programa foi sua maior escola na Globo.

Em janeiro deste ano, ele estreou como apresentador solo na emissora, à frente do Tá Brincando, programa em que idosos especialistas em algum esporte ou tema cultural disputavam provas contra participantes jovens. Na ocasião, ele se emocionou ao relembrar a trajetória de sua carreira e disse que estava num ótimo momento na Globo.

"Tem sido uma longa e maravilhosa carreira, muitos amigos, conquistas, veículos. Eu tenho a certeza de que esse momento agora é o resumo da ópera. Não gosto de dizer que esse é o meu melhor momento, porque seria injusto com outros momentos que eu considerei melhores na minha vida. Esse é um baita de um bom momento. A realização de mais um sonho na Globo, considero como um novo recomeço", falou.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu casal favorito no Power Couple?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook