NOSTALGIA ACABOU

Sem ibope, Turner esvazia canal de filmes clássicos e exibe maratona de Lost

DIVULGAÇÃO/ABC

Protagonistas de Lost: série é a principal atração do TCM, canal da Turner que só exibia clássicos - DIVULGAÇÃO/ABC

Protagonistas de Lost: série é a principal atração do TCM, canal da Turner que só exibia clássicos

GABRIEL VAQUER - Publicado em 15/05/2019, às 05h32

Sem aviso prévio, a Turner mudou a proposta do TCM (Turner Classic Movies), que exibia apenas filmes e séries clássicas. Agora, longas dos anos 2000 e reprises infinitas da série Lost (2004-2010) tomam conta da programação. A mudança ocorreu por um motivo: o TCM figura entre os menos vistos da TV paga, com audiência de 0,05 ponto --ou seja, dá traço. Internamente, cogita-se até encerrar o canal.

Desde o início do mês, o TCM divide sua grade em dois blocos. O primeiro alterna o programa Hollywood One on One com a série Lost, que tem 14 episódios exibidos por dia durante nove horas seguidas. O segundo bloco tem filmes dos anos 2000, inclusive comédias românticas e longas de terror. A mudança é vista como um último suspiro antes do fim definitivo do ex-canal de clássicos.

Os únicos produtos considerados clássicos que serão mostrados nos próximos dias são dois longas da primeira trilogia da franquia Star Wars: Episódio 5 - O Império Contra Ataca (1980) e Episódio 6 - O Retorno de Jedi (1983). Os filmes Somos Marshall (2006), As Panteras Detonando (2003) e O Amuleto (2015), que têm no máximo 15 anos, estão programados para irem ao ar no horário nobre. 

Antes da reformulação, o TCM exibia várias séries clássicas, que tinham pouco espaço na televisão. Faziam parte da grade Agente 86 (1965-1970), Os Três Patetas (1934-1970), Casal 20 (1979-1984), MacGyver - Profissão: Perigo (1985-1992), Miami Vice (1984-1990) e Xena: A Princesa Guerreira (1995-2001). Filmes clássicos dos anos 1960, 1970 e 1980 recheavam a grade do canal. 

O TCM foi implantado em toda a América Latina em setembro de 2004, após um lançamento bem-sucedido nos Estados Unidos, dez anos antes. No Brasil, ele sempre fez parte dos pacotes mais caros da TV paga, que chegam a custar R$ 149,90. 

O canal causou burburinho em seu lançamento justamente por exibir programas que fizeram história na TV aberta e filmes que não eram vistos com frequência. Porém, ele nunca deslanchou na audiência como sua programadora esperava.

Audiência pífia

No último mês de março, o TCM marcou média de apenas 0,05 ponto, o que lhe deu o posto de sétimo canal menos visto da TV paga, vencendo apenas BandSports (0,02), Syfy (0,02), E! Entertainment (0,04), Max (0,01) e WooHoo (0,00), e empatando com o Max Prime e o TBS. 

Caso opte pelo fim do TCM, a Turner encerrará seu segundo canal em menos de um ano. Em agosto do ano passado, o grupo acabou com o Esporte Interativo por falta de retorno financeiro --os eventos esportivos migraram para a TNT e o Space, que tiveram de mudar a própria identidade no país para exibirem jogos de futebol.

Procurada pela reportagem, a Turner enviou o seguinte comunicado: "O canal TCM oferece um amplo portfólio de filmes e séries das mais diferentes décadas. O conceito do canal se mantém e os assinantes do canal tem a oportunidade de assistir conteúdos icônicos e que marcaram diferentes épocas – no entanto, a partir de 2011 ampliamos a oferta, desde produções clássicas lançadas entre os anos 30 e 70, até os novos clássicos, que se destacaram nos anos 80, 90 e início dos 2000".

"Em junho os fãs poderão acompanhar o especial com filmes dos anos 30, como 'Aconteceu Naquela Noite', 'O Galante Mr. Deeds', 'Cupido é Moleque Teimoso', 'Horizonte Perdido' e 'A Mulher Faz o Homem', já em julho, o especial dos anos 50 terá destaque, com títulos como: 'A Grande Ilusão', 'Férias de Amor' , 'De Repente, No Último Verão' e 'Anatomia de um Crime'", diz a programadora.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual sua novela preferida atualmente?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook